De artesãs a empresárias da tapeçaria

Donas de casa da Regio Metropolitana do Recife criam associao e se profissionalizam. Esta semana, a Tapearia Timbi lana catlogo com sua terceira coleo. Produtos j so exportados

De artesãs a empresárias da tapeçaria
De artesãs a empresárias da tapeçaria (Foto: Arte/Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 Julliana Araujo_247 - Maria do Carmo da Silva, 68, saiu de Nazaré da Mata, Zona da Mata, há mais de 40 anos para ganhar a vida na Região Metropolitana do Recife (RMR). Mãe de 13 filhos, a dona de casa encontrou no artesanato, que aprendeu na sua cidade  natal, o ganha pão da família, sustentada graças  à tapeçaria. Em Camaragibe, na RMR, a dona de casa se firmou e junto a outras mulheres, fundou a Tapeçaria Timbi, em 1983. Pelo espaço  dezenas de mulheres já passaram e descobriram ali, uma forma de conseguir renda coletivamente.  Hoje, a artesã olha com orgulho os frutos de um trabalho conjunto e comemora o lançamento do catálogo comercial, nesta quarta-feira (16),  à 18h, na Loja Açúcar e Afeto, no bairro do Espinheiro. Durante o evento, o público terá a oportunidade de conhecer a coleção mais recente, Souvenir. Mixando temas de coleção anteriores, vários produtos funcionais  foram criados, como camisetas, os famosos tapetes, jogos americanos, almofadas, entre outros.

“Quando olho para nosso início e vejo hoje os resultados do nosso trabalho, fico feliz em ver que conseguimos ir longe.  Chegamos a vender nosso material para fora do país. Mas o que me deixa mais feliz é saber que a tapeçaria trouxe para muitas mulheres a oportunidade de conhecer suas habilidades e gerar renda para a família”, disse.

A Tapeçaria Timbi foi fundada por mulheres vizinhas que tinham em comum a habilidade em confecção de tapetes arraiolo, originários da cultura portuguesa no Brasil. A produção é focada em peças de decoração, tipo tapetes e passadeiras em tela de lã. Dispostas a se profissionalizar e a buscar novas alternativas de produção e comercialização o grupo resolveu formar uma associação que possibilitassem conquistar um sonho: transformá-las em donas dos seus próprios negócios.  Para isso, foi criada a associação, criada em 1988, formada exclusivamente por mulheres artesãs do município de Camaragibe, Zona Oeste da Região Metropolitana do Recife - que produzem e comercializam coletivamente tapetes, painéis, almofadas, passadeiras, pesos de porta e outros produtos.

Em 2006, a busca pela profissionalização cresceu, quando o grupo ganhou o Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato. Dois anos depois, o Sebrae em parceria com o  Centro Pernambucano de Design iniciaram um processo de capacitação e diagnóstico com a intenção de melhorar a qualidade da produção. O resultado foi a primeira linha de peças exclusivas, intitulada, Árvore da Vida, que trouxe  elementos da xilogravura. Já a segunda linha, chamada Cenas do Cotidiano, destaca as figuras cotidianas da literatura de cordel.

Agora, chega ao público a terceira coleção, com as mesma beleza e requinte das peças anteriores, mas em tamanhos menores e com preços competitivos para o mercado. “Sem dúvida a consultoria do Sebrae e do Centro Pernambucano de Design foram cruciais para o nosso crescimento. O segredo é planejar e saber usar nossas habilidade”, destacou Maria do Carmo da Silva.

 Serviço:

Lançamento do Catálogo Comercial da Tapeçaria Timbi

Data: 16/11

Horário: 18h

Local: Loja Açúcar e Afeto – Rua da Hora, 639, Espinheiro, Recife

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email