De Assis: posição do PT vale para todos os filiados e é "Diretas Já"

Em reação às declarações do governador Camilo Santana de apoio à Tasso Jereissati em caso de eleições indiretas, o presidente do PT Ceará, Fco. de Assis Diniz afirmou ao Ceará 247 que a decisão do partido sobre a saída da crise política que atravessa o Brasil, vale pra todos os filiados. "A resolução é que não temos qualquer perspectiva de debater qualquer outra saída que não seja a de eleições diretas. Uma eleição indireta nesse Congresso desmoralizado, não tem qualquer legitimidade e Camilo não fala pelo PT, que tem posição muita clara"   

Em reação às declarações do governador Camilo Santana de apoio à Tasso Jereissati em caso de eleições indiretas, o presidente do PT Ceará, Fco. de Assis Diniz afirmou ao Ceará 247 que a decisão do partido sobre a saída da crise política que atravessa o Brasil, vale pra todos os filiados. "A resolução é que não temos qualquer perspectiva de debater qualquer outra saída que não seja a de eleições diretas. Uma eleição indireta nesse Congresso desmoralizado, não tem qualquer legitimidade e Camilo não fala pelo PT, que tem posição muita clara" 
 
Em reação às declarações do governador Camilo Santana de apoio à Tasso Jereissati em caso de eleições indiretas, o presidente do PT Ceará, Fco. de Assis Diniz afirmou ao Ceará 247 que a decisão do partido sobre a saída da crise política que atravessa o Brasil, vale pra todos os filiados. "A resolução é que não temos qualquer perspectiva de debater qualquer outra saída que não seja a de eleições diretas. Uma eleição indireta nesse Congresso desmoralizado, não tem qualquer legitimidade e Camilo não fala pelo PT, que tem posição muita clara"    (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O presidente do PT Ceará, Fco. de Assis Diniz afirmou ao 247 que a decisão do partido sobre a saída da crise política que atravessa o Brasil, vale pra todos os filiados. "A resolução é que não temos qualquer perspectiva de debater qualquer outra saída que não seja a de eleições diretas. Uma eleição indireta nesse Congresso desmoralizado, não tem qualquer legitimidade e Camilo não fala pelo PT, que tem posição muita clara". 

A fala do presidente é uma reação às declarações do governador Camilo Santana (PT), que declarou ao jornal O Povo que o senador Tasso Jereissati seria bom para o Ceará, em caso de eleições indiretas.“Se houver uma eleição indireta, entre os nomes que existem no Congresso, o Tasso hoje é um dos mais respeitados e para o Ceará será muito bom”, afirmou Camilo.

Para o presidente do PT a saída da crise passa pela retomada  do estado democrático de direito, o resgate da soberania popular com o voto direto  e, principalmente, um programa mínimo no qual sejam discutidas as questões econômicas. Um debate acerca das reformas e principalmente, um debate sobre esse estado policial desse momento, sobretudo após a convocação do Exército pelo Temer, para impor uma lei e uma ordem pela força, contra a manifestação legítima dos trabalhadores e dos militantes do movimentos sociais".

Sobre a possibilidade do partido ter uma conversa com o governador, De Assis preferiu dizer que esse é um assunto interno e será tratado no devido momento.

A relação de Camilo Santana com o partido tem sido marcada por posições políticas divergentes em questões estratégicas, desde a sua eleição, quando setores do partido se recusaram a apoiá-lo, em função da sua proximidade com o grupo politico dos irmãos Ferreira Gomes. Em 2016, quando o partido lançou candidatura própria à Prefeitura de Fortaleza, Camilo apoiou a reeleição do prefeito Roberto Cláudio. Há pouco tempo, Camilo havia afirmado que Ciro era um bom nome para a presidência em 2018, enquanto o partido defende a candidatura de Lula. Mas, no Congresso Estadual do PT, no início de maio, Camilo se reaproximou da militância. Com essa declaração, as relações voltam a ficar tensas.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247