Debate tem início quente

No início do programa, Humberto Costa (PT) questiona o rompimento do PSB com o seu partido; Mendonça Filho (DEM) e Geraldo Júlio (PSB) travaram um duelo particular, com enfoque na segurança pública, na distribuição e arrecadação do ICMS

Debate tem início quente
Debate tem início quente (Foto: Edição/247)

Leonardo Lucena _PE247 – Os dois primeiros blocos do primeiro debate entre os prefeituráveis do Recife, promovido nesta tarde(20) pela TV Tribuna/Band, foram marcados por uma postura mais incisiva do Humberto Costa, que avaliou a candidatura de Geraldo Julio (PSB) como traição dos socialistas, quando questionado por Daniel Coelho (PSDB) sobre o que achava do lançamento da candidatura do ex-aliado. “Em 2006 apoiei Eduardo Campos antes mesmo de consultar o meu partido, quando o governador foi ao segundo turno. Desejávamos a unidade, mas isso não foi possível. Mas, se eu for eleito, vou procurar o governador para captar recursos no que for possível”, prometeu o petista.

Por outro lado, o tucano Daniel Coelho questionou como o senador apoia João da Costa, se compactou com a impugnação da candidatura do prefeito. Mas o congressista deu a entender que há união no partido hoje. “Temos em nossa aliança o maior prefeito da história do Recife, o deputado, João Paulo, e eu, que era o melhor para o PT”, declarou Humberto Costa.

Além disso, outra marca neste início foram as troca de farpas entre o deputado federal Mendonça Filho e Geraldo Júlio, o que não é de se estranhar, pois o democrata está perdendo intenções de votos, segundo as últimas pesquisas, para o socialista.

Num formato em que os postulantes fazem perguntas entre si, o parlamentar criticou Geraldo alegando que o mesmo não implantou nenhuma das propostas apresentadas na área de segurança no Governo do Estado, como instalação de 1000 câmeras na cidade, dobrar o efeito de guardar para 2.500 policiais e criar o Comando de Controle para a integração com a Polícia Militar.

“Reduzimos a violência, com a criação do Pacto pela Vida. Modelo que, inclusive, está sendo copiado por outros estados”, disse Geraldo. “Antes de instalar câmeras, temos, primeiro que cuidar da juventude. A política pública deve ser direcionada a ela”, avaliou Mendonça Filho

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247