Defendo que ele assuma ministério, diz secretário de Finanças do PT

O secretário nacional de Finanças, Márcio Macêdo, afirmou ao 247 que defende que o ex-presidente Lula assuma um ministério no governo da presidente Dilma Rousseff; "Defendo que ele vá. Ele pode ajudar na gestão, ajudar a mudar a pauta. Colocar uma pauta de desenvolvimento, crescimento econômico, controle da inflação, ajudar a mudar rumos da política econômica. Pode ser útil também a coesionar a base e melhorar a relação com o PMDB e aliados", afirmou; para Márcio, é como se colocasse Pelé para entrar em campo; "O jogo está precisando de um craque", frisou

O secretário nacional de Finanças, Márcio Macêdo, afirmou ao 247 que defende que o ex-presidente Lula assuma um ministério no governo da presidente Dilma Rousseff; "Defendo que ele vá. Ele pode ajudar na gestão, ajudar a mudar a pauta. Colocar uma pauta de desenvolvimento, crescimento econômico, controle da inflação, ajudar a mudar rumos da política econômica. Pode ser útil também a coesionar a base e melhorar a relação com o PMDB e aliados", afirmou; para Márcio, é como se colocasse Pelé para entrar em campo; "O jogo está precisando de um craque", frisou
O secretário nacional de Finanças, Márcio Macêdo, afirmou ao 247 que defende que o ex-presidente Lula assuma um ministério no governo da presidente Dilma Rousseff; "Defendo que ele vá. Ele pode ajudar na gestão, ajudar a mudar a pauta. Colocar uma pauta de desenvolvimento, crescimento econômico, controle da inflação, ajudar a mudar rumos da política econômica. Pode ser útil também a coesionar a base e melhorar a relação com o PMDB e aliados", afirmou; para Márcio, é como se colocasse Pelé para entrar em campo; "O jogo está precisando de um craque", frisou (Foto: Valter Lima)

Valter Lima, do Sergipe 247 - O secretário nacional de Finanças, Márcio Macêdo, afirmou ao 247 que defende que o ex-presidente Lula assuma um ministério no governo da presidente Dilma Rousseff.

"Defendo que ele vá. Ele pode ajudar na gestão, ajudar a mudar a pauta. Colocar uma pauta de desenvolvimento, crescimento econômico, controle da inflação, ajudar a mudar rumos da política econômica. Pode ser útil também a coesionar a base e melhorar a relaçãoo com o PMDB e aliados", afirmou.

Numa comparação com o futebol, Márcio Macêdo diz que é como se colocasse Pelé para entrar em campo. "O jogo está precisando de um craque. Disposição de Lula é sempre ajudar", frisou.

O representante do PT ponderou ainda que assumir o ministérios não impedirá que Lula possa, fora do expediente (pela noite e aos fins de semana) viajar o país, "defendo a democracia e alertando a população contra o golpe".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247