Defesa de Lula informa a Moro sobre ida a Cuba

Advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informaram nessa quinta-feira, 1º, ao juiz federal Sérgio Moro sobre a viagem que Lula fará a Cuba neste fim de semana, para participar das homenagens ao líder cubano Fidel Castro, que morreu aos 90 anos, na semana passada; Não há decisão ou recomendação para que o ex-presidente não viaje; apesar disso, a defesa do ex-presidente optou por avisar a Moro e aos outros juízes responsáveis pelos processos envolvendo o petista; Lula participa da solenidade junto com a ex-presidente Dilma Rousseff

Advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informaram nessa quinta-feira, 1º, ao juiz federal Sérgio Moro sobre a viagem que Lula fará a Cuba neste fim de semana, para participar das homenagens ao líder cubano Fidel Castro, que morreu aos 90 anos, na semana passada; Não há decisão ou recomendação para que o ex-presidente não viaje; apesar disso, a defesa do ex-presidente optou por avisar a Moro e aos outros juízes responsáveis pelos processos envolvendo o petista; Lula participa da solenidade junto com a ex-presidente Dilma Rousseff
Advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informaram nessa quinta-feira, 1º, ao juiz federal Sérgio Moro sobre a viagem que Lula fará a Cuba neste fim de semana, para participar das homenagens ao líder cubano Fidel Castro, que morreu aos 90 anos, na semana passada; Não há decisão ou recomendação para que o ex-presidente não viaje; apesar disso, a defesa do ex-presidente optou por avisar a Moro e aos outros juízes responsáveis pelos processos envolvendo o petista; Lula participa da solenidade junto com a ex-presidente Dilma Rousseff (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informaram nessa quinta-feira, 1º, ao juiz federal Sérgio Moro sobre a viagem que Lula fará a Cuba neste fim de semana, para participar das homenagens ao líder cubano Fidel Castro, que morreu aos 90 anos, na semana passada. 

Lula participa da solenidade junto com a ex-presidente Dilma Rousseff. 

Não há decisão ou recomendação para que o ex-presidente não viaje. Pela lei, ele só é obrigado a notificar sobre sua eventual saída do País, indicando onde vai ficar, caso viaje por mais de uma semana.

Apesar disso, a defesa do ex-presidente optou por avisar a Moro e aos outros juízes responsáveis pelos processos envolvendo o petista, que responde a acusação de ter proprietário de um apartamento triplex na orla de Guarujá, e também por suposta tentativa de obstruir a Justiça na delação premiada de Nestor Cerveró, alegação negada pelo próprio Cerveró.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247