Delegado denunciado pelo MPCE tenta o suicídio

O delegado afastado do 34° Distrito Policial, Romério Moreira de Almeida foi hospitalizado na manhã de hoje. A Secretaria de Segurança Pública confirmou o incidente. Os indícios apontam que ele tentou o suicídio, com dois tiros. O delegado foi alvo ontem, da Operação "Renault 34", que investigava a atuação de bandidos ligados a facções criminosas no Ceará. Ele foi socorrido pelo SAMU ainda consciente e encaminhado para o IJF, onde está na UTI. 

O delegado afastado do 34° Distrito Policial, Romério Moreira de Almeida foi hospitalizado na manhã de hoje. A Secretaria de Segurança Pública confirmou o incidente. Os indícios apontam que ele tentou o suicídio, com dois tiros. O delegado foi alvo ontem, da Operação "Renault 34", que investigava a atuação de bandidos ligados a facções criminosas no Ceará. Ele foi socorrido pelo SAMU ainda consciente e encaminhado para o IJF, onde está na UTI. 
O delegado afastado do 34° Distrito Policial, Romério Moreira de Almeida foi hospitalizado na manhã de hoje. A Secretaria de Segurança Pública confirmou o incidente. Os indícios apontam que ele tentou o suicídio, com dois tiros. O delegado foi alvo ontem, da Operação "Renault 34", que investigava a atuação de bandidos ligados a facções criminosas no Ceará. Ele foi socorrido pelo SAMU ainda consciente e encaminhado para o IJF, onde está na UTI.  (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O delegado afastado do 34° Distrito Policial, Romério Moreira de Almeida foi hospitalizado na manhã de hoje. Informações extra-oficiais apontam que ele tentou o suicídio, com dois tiros, um na cabeça e outro no tórax.

Ele foi socorrido pelo SAMU ainda consciente e encaminhado ao hospital Gastroclínica e posteriormente transferido para o IJF, onde está na UTI. O caso vai ser apurado pela Polícia Civil.

O delegado foi alvo da Operação "Renault 34", deflagrada pelo Ministério Público do Ceará, que investigava a atuação de bandidos ligados a facções criminosas no Ceará desde 2017 e o suposto envolvimento de Romério com os bandidos.

Ontem, o juiz da 8ª Vara Criminal de Fortaleza, Henrique Granja, autorizou o cumprimento de mandados de busca de apreensão na casa do delegado e determinou o afastamento dele das funções por 60 dias, por suspeita de corrupção passiva.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247