DEM pedirá afastamento de Negromonte do TCM

Presidente do DEM na Bahia, José Carlos Aleluia, reafirmou que vai entrar na Justiça pedindo afastamento do ex-deputado Mário Negromonte do Tribunal de Contas dos Municípios por causa de possível envolvimento dele em suposto esquema de pagamento de propina em contratos da Petrobras; "O povo e as prefeituras baianas não podem aceitar que as contas municipais sejam fiscalizadas por alguém envolvido num esquema de corrupção de R$ 10 bilhões, o maior da história do Brasil", justifica o líder democrata

Presidente do DEM na Bahia, José Carlos Aleluia, reafirmou que vai entrar na Justiça pedindo afastamento do ex-deputado Mário Negromonte do Tribunal de Contas dos Municípios por causa de possível envolvimento dele em suposto esquema de pagamento de propina em contratos da Petrobras; "O povo e as prefeituras baianas não podem aceitar que as contas municipais sejam fiscalizadas por alguém envolvido num esquema de corrupção de R$ 10 bilhões, o maior da história do Brasil", justifica o líder democrata
Presidente do DEM na Bahia, José Carlos Aleluia, reafirmou que vai entrar na Justiça pedindo afastamento do ex-deputado Mário Negromonte do Tribunal de Contas dos Municípios por causa de possível envolvimento dele em suposto esquema de pagamento de propina em contratos da Petrobras; "O povo e as prefeituras baianas não podem aceitar que as contas municipais sejam fiscalizadas por alguém envolvido num esquema de corrupção de R$ 10 bilhões, o maior da história do Brasil", justifica o líder democrata (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Presidente do DEM na Bahia, o candidato a deputado federal José Carlos Aleluia reafirmou nesta segunda-feira (8) que vai entrar na Justiça pedindo afastamento do ex-deputado Mário Negromonte do cargo de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) por causa de possível envolvimento dele em suposto esquema de pagamento de propina em contratos da Petrobras, conforme denúncia do ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa.

"Quem quer Justiça não se intimida com acusações de alguém que está envolvido num escandaloso esquema de corrupção, que desviou R$ 10 bilhões da Petrobras, uma empresa dos brasileiros", afirma Aleluia diante "dos ataques infundados" de Mário Negromonte contra ele.

Aleluia desafia Negromonte a formalizar judicialmente as "denúncias vazias" que lhe fez. "Assim como apelarei à Justiça pelo seu afastamento do TCM, ele deveria também fazer o mesmo contra mim, já que está tão convicto do que disse".

O presidente do Democratas considera inadmissível a manutenção de Negromonte no Tribunal de Contas dos Municípios diante do que veio à tona com a delação premiada do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

O povo e as prefeituras baianas, segundo Aleluia, não podem aceitar "que as contas municipais sejam fiscalizadas por alguém envolvido num esquema de corrupção de R$ 10 bilhões, o maior da história do Brasil". "Minha iniciativa de pedir o afastamento de Negromonte do TCM não é de ordem pessoal, como ele tenta insinuar", afirma o líder democrata.

"É a atitude de um cidadão brasileiro, que paga em dia seus impostos e não aceita essa farra com dinheiro de uma empresa estatal", diz Aleluia, lembrando que, enquanto esteve atuando no Congresso, "sempre" foi "um deputado de destaque e trabalhador, ao contrário de Mário Negromonte, um parlamentar do baixo clero, de inexpressiva passagem" pela Câmara Federal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247