DEM vai escolher líder 'tranquilo' na Câmara

O prefeito ACM Neto não teve sucesso na missão de evitar disputa para escolher seu sucessor na liderança do DEM na Câmara; o partido escolhe o representante no próximo domingo em reunião da bancada sob comando do senador Agripino Maia; orientação é a de que o DEM não deve fazer oposição raivosa à presidente Dilma por causa, principalmente, da boa relação do prefeito democrata com o governador Jaques Wagner, do PT

DEM vai escolher líder 'tranquilo' na Câmara
DEM vai escolher líder 'tranquilo' na Câmara
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Romulo Faro - Bahia 247

O esforço do prefeito de Salvador, ACM Neto, não foi suficiente para escolher por consenso o seu substituto na liderança do DEM na Câmara Federal.

A última tentativa aconteceu na quarta-feira (30) em Salvador com os deputados Mendonça Filho (PE) e Ronaldo Caiado (GO). Mas não deu certo.

O partido define entre os dois no próximo domingo em reunião da bancada sob comando do presidente nacional do partido, senador Agripino Maia; e o próprio ACM Neto.

Orientação do prefeito de Salvador, compactuada com Agripino, é ade que o novo líder não deverá se comportar como opositor sistemático ao governo da presidente Dilma Rousseff.

Entendimento é o de o DEM não deve investir pesado contra o PT por causa da relação amistosa que ACM e o governador Jaques Wagner (PT) têm neste início de gestão do democrata.

E se for este o critério, Caiado vai para a disputa com Mendonça Filho em desvantagem. Com espírito de verdadeiro líder de oposição, o goiano avalia que 2013 será um ano "bom para bater no governo", do ponto de vista econômico.

"Será um ano importante para as oposições, porque o governo está perdendo apoio político e porque o ano promete ser um desastre do ponto de vista da economia".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247