Depois virá a Petrobras, diz Rogério Correia sobre privatizações

O deputado estadual Rogério Correia (PT) criticou nesta quinta-feira, 24, o pacote de privatizações proposto pelo governo de Michel Temer, que prevê a venda de 57 empresas e ativos públicos, numa tentativa de fechar parte do maior rombo fiscal da história brasileira; "Nenhum país abre mão da soberania energética, nenhum. Nem Inglaterra, nem França, Estados Unidos", disse o deputado; "Depois virá a Petrobras, aliás o golpe foi pra entregar o petróleo brasileiro, pode saber. O povo brasileiro precisa reagir", conclamou o parlamentar

O deputado estadual Rogério Correia (PT) criticou nesta quinta-feira, 24, o pacote de privatizações proposto pelo governo de Michel Temer, que prevê a venda de 57 empresas e ativos públicos, numa tentativa de fechar parte do maior rombo fiscal da história brasileira; "Nenhum país abre mão da soberania energética, nenhum. Nem Inglaterra, nem França, Estados Unidos", disse o deputado; "Depois virá a Petrobras, aliás o golpe foi pra entregar o petróleo brasileiro, pode saber. O povo brasileiro precisa reagir", conclamou o parlamentar
O deputado estadual Rogério Correia (PT) criticou nesta quinta-feira, 24, o pacote de privatizações proposto pelo governo de Michel Temer, que prevê a venda de 57 empresas e ativos públicos, numa tentativa de fechar parte do maior rombo fiscal da história brasileira; "Nenhum país abre mão da soberania energética, nenhum. Nem Inglaterra, nem França, Estados Unidos", disse o deputado; "Depois virá a Petrobras, aliás o golpe foi pra entregar o petróleo brasileiro, pode saber. O povo brasileiro precisa reagir", conclamou o parlamentar (Foto: Aquiles Lins)

Minas 247 - O deputado estadual Rogério Correia (PT) criticou nesta quinta-feira, 24, o pacote de privatizações proposto pelo governo de Michel Temer, que prevê a venda de 57 empresas e ativos públicos, numa tentativa de fechar parte do maior rombo fiscal da história brasileira. 

"Nenhum país abre mão da soberania energética, nenhum. Nem Inglaterra, nem França, Estados Unidos", disse o deputado. "Depois virá a Petrobras, aliás o golpe foi pra entregar o petróleo brasileiro, pode saber. O povo brasileiro precisa reagir", conclamou o parlamentar. 

 

Assista acima. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247