Deputado 'apela' ao governo por liberação de 'ambulâncias paradas'

Vice-presidente da comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa, o deputado Alan Sanches (DEM) faz um 'apelo' para que o governo do Estado libere a frota de ambulâncias que, segundo ele, está parada na Secretaria de Saúde do Estado; "Ao invés de manter dezenas de veículos novos parados há mais de 20 dias para fazer propaganda, conclamo que a Sesab faça seu papel e entregue-os aos municípios devidos o quanto antes, pondo fim a mais um descaso", pede Sanches

Vice-presidente da comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa, o deputado Alan Sanches (DEM) faz um 'apelo' para que o governo do Estado libere a frota de ambulâncias que, segundo ele, está parada na Secretaria de Saúde do Estado; "Ao invés de manter dezenas de veículos novos parados há mais de 20 dias para fazer propaganda, conclamo que a Sesab faça seu papel e entregue-os aos municípios devidos o quanto antes, pondo fim a mais um descaso", pede Sanches
Vice-presidente da comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa, o deputado Alan Sanches (DEM) faz um 'apelo' para que o governo do Estado libere a frota de ambulâncias que, segundo ele, está parada na Secretaria de Saúde do Estado; "Ao invés de manter dezenas de veículos novos parados há mais de 20 dias para fazer propaganda, conclamo que a Sesab faça seu papel e entregue-os aos municípios devidos o quanto antes, pondo fim a mais um descaso", pede Sanches (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Vice-presidente da comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o deputado estadual Alan Sanches (DEM) faz um 'apelo' para que o governo do Estado libere a frota de ambulâncias que, segundo ele, está parada na Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

"Ao invés de manter dezenas de veículos novos parados há mais de 20 dias para fazer propaganda, conclamo que a Sesab faça seu papel e entregue-os aos municípios devidos o quanto antes, pondo fim a mais um descaso", pediu Sanches em discurso no plenário da Assembleia.

Ele disse ainda que foi "surpreendido na BR 324 por uma ambulância sem o vidro traseiro fazendo transporte de pacientes".

O Brasil 247 quer a sua ajuda para tomar decisões importantes. Participe da pesquisa

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247