Desfile do 2 de Julho vai homenagear as Guerreiras da Independência

Realizado pela Prefeitura de Salvador, por meio da Fundação Gregório de Mattos, o evento comemora os 192 anos da Independência do Brasil na Bahia; as comemorações começam na terça-feira (30), quando o 'Fogo Simbólico' sai da cidade de Cachoeira, no Recôncavo, em direção a Salvador; o tema do desfile de 2015 será 'Guerreiras da Independência', em homenagem às mulheres que participaram da luta pela Independência da Bahia e do Brasil, representadas por Maria Quitéria, Joana Angélica e Maria Felipa

Realizado pela Prefeitura de Salvador, por meio da Fundação Gregório de Mattos, o evento comemora os 192 anos da Independência do Brasil na Bahia; as comemorações começam na terça-feira (30), quando o 'Fogo Simbólico' sai da cidade de Cachoeira, no Recôncavo, em direção a Salvador; o tema do desfile de 2015 será 'Guerreiras da Independência', em homenagem às mulheres que participaram da luta pela Independência da Bahia e do Brasil, representadas por Maria Quitéria, Joana Angélica e Maria Felipa
Realizado pela Prefeitura de Salvador, por meio da Fundação Gregório de Mattos, o evento comemora os 192 anos da Independência do Brasil na Bahia; as comemorações começam na terça-feira (30), quando o 'Fogo Simbólico' sai da cidade de Cachoeira, no Recôncavo, em direção a Salvador; o tema do desfile de 2015 será 'Guerreiras da Independência', em homenagem às mulheres que participaram da luta pela Independência da Bahia e do Brasil, representadas por Maria Quitéria, Joana Angélica e Maria Felipa (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Os preparativos para o tradicional desfile do Dois de Julho estão a todo vapor. Realizado pela Prefeitura de Salvador, por meio da Fundação Gregório de Mattos, o evento comemora os 192 anos da Independência do Brasil na Bahia. As comemorações começam na terça-feira (30), quando o 'Fogo Simbólico' sai da cidade de Cachoeira, no Recôncavo, em direção a Salvador.

Na quarta-feira (1), a partir das 9h, será realizado o 'Te Deum', na Igreja de São Pedro dos Clérigos, localizada no Terreiro de Jesus. O evento, que sempre acontece na Catedral Basílica, teve que ser realocado porque a igreja está sendo reformada. Às 11h, a Câmara Municipal faz uma homenagem aos Heróis da Independência. Já às 16h está prevista a chegada do Fogo Simbólico no Panteão de Pirajá.

Na quinta-feira (2), a programação do desfile começa às 6h, quando acontece a Alvorada com queima de fogos na Lapinha. Às 8h, é feita a organização do cortejo cívico, que se inicia às 9h30 e segue em direção à Praça Thomé de Souza, local onde os carros emblemáticos dos caboclos são recolhidos por volta das 11h30.

À tarde, às 13h30, acontece a Cerimônia Cívica no 2º Distrito Naval. Às 14h, o cortejo será organizado para sair uma hora depois. Às 17h, os Carros Emblemáticos chegam ao Campo Grande, onde serão realizadas as últimas homenagens das autoridades políticas e militares. A atleta que irá acender a pira do Fogo Simbólico será Marily dos Santos, líder do Circuito Brasileiro de Corrida de Rua.

Guerreiras da Independência

O tema do desfile de 2015 será 'Guerreiras da Independência', em homenagem às mulheres que participaram da luta pela Independência da Bahia e do Brasil, representadas por Maria Quitéria, Joana Angélica e Maria Felipa. A decoração do percurso está sendo concebida pelo artista plástico Euro Pires, especializado em cenografia e figurino, que tem 30 anos de carreira e vem atuando em diferentes áreas de cenografia, ambientação e decoração de Carnaval, São João e de eventos culturais.

Além disso, o cortejo irá fazer uma homenagem especial à historiadora Consuelo Pondé, às 16h, com uma parada em frente ao Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHBA), instituição que dirigiu durante 20 anos. Ela foi uma grande incentivadora e responsável por manter a tradição dos desfiles da independência da Bahia, falecendo no dia 14 de maio de 2015.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247