Detran adere a aplicativo que concede desconto de 40% em multas

O Detran/AL adere ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) por meio da integração das infrações, possibilitando ao proprietário de veículos ter desconto de 40% no valor das multas estaduais e interestaduais, por meio de um aplicativo de celular; técnicos de uma empresa do governo federal fazem um treinamento com os órgãos ligados ao trânsito em todo o estado; a pretensão do órgão é de que, em 30 dias, os 102 municípios tenham aderido à plataforma

O Detran/AL adere ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) por meio da integração das infrações, possibilitando ao proprietário de veículos ter desconto de 40% no valor das multas estaduais e interestaduais, por meio de um aplicativo de celular; técnicos de uma empresa do governo federal fazem um treinamento com os órgãos ligados ao trânsito em todo o estado; a pretensão do órgão é de que, em 30 dias, os 102 municípios tenham aderido à plataforma
O Detran/AL adere ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) por meio da integração das infrações, possibilitando ao proprietário de veículos ter desconto de 40% no valor das multas estaduais e interestaduais, por meio de um aplicativo de celular; técnicos de uma empresa do governo federal fazem um treinamento com os órgãos ligados ao trânsito em todo o estado; a pretensão do órgão é de que, em 30 dias, os 102 municípios tenham aderido à plataforma (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jobison Barros | Portal Gazetaweb.com - O Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) adere, a partir desta terça-feira (24), ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) por meio da integração das infrações, possibilitando ao proprietário de veículos ter desconto de 40% no valor das multas estaduais e interestaduais, por meio de um aplicativo de celular. Na manhã de hoje, técnicos de uma empresa do governo federal fazem um treinamento com os órgãos ligados ao trânsito em todo o estado. A pretensão do órgão é de que, em 30 dias, os 102 municípios tenham aderido à plataforma. 

De acordo com o diretor-presidente do Detran, Antônio Carlos Gouveia, é a primeira vez que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) realiza este trabalho no estado por meio de uma empresa de Tecnologia da Informação (TI) chamada Serpro. Por esta razão, o Detran convocou todos os órgãos que atuam na aplicação de multas, como a Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT), Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a comparecerem a um treinamento realizado nesta manhã, no auditório do órgão. 

"Temos a oportunidade de receber o Denatran aqui no estado através desta grande parceria que vem beneficiar os proprietários de veículos com os descontos. Os setenta municípios que estão aqui hoje já vão se integrar ao novo sistema e, no máximo, em trinta dias, os demais passarão pelo treinamento. Lembrando que todos os órgãos devem se conveniar ao Detran para integrar a plataforma", explicou o diretor. 

APLICATIVO

O Departamento Nacional de Trânsito lançou, no dia 1º de novembro do ano passado, o aplicativo criado para comunicar diretamente infrações a motoristas. No entanto, a ferramenta ainda estava em processo de desenvolvimento e disponível apenas para usuários Android do estado de Santa Catarina, em versão de testes. 

O condutor basta procurar pelo aplicativo SNE na loja Google Play. O cadastro exige CPF, e-mail, senha, número da CNH e seu código de segurança. Todas as informações são validadas na base do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

O desconto só valerá para quem reconhecer a infração sem contestar previamente ou apresentar recurso, reconhecendo a infração. Atualmente, o infrator que optar por pagar dentro do prazo de validade da multa tem desconto de 20% no valor.

VALORES ATUALIZADOS

Infração leve

- R$ 88,38 

Infração média

- R$ 130,16 

Infração grave

- R$ 195,23 

Infração gravíssima

- R$ 293,47.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email