Deu na Veja: Junior ainda precisa “acertar” com Iris

Coluna Radar, do jornalista Lauro Jardim, diz que empresário deverá ser o candidato mais rico das eleições em 2014 e que ele já teria até mesmo o apoio do PT e de Lula; a nota sugere, de forma irônica e sem sutilezas, que Junior ainda precisaria negociar em bases financeiras um eventual apoio do líder peemedebista

Deu na Veja: Junior ainda precisa “acertar” com Iris
Deu na Veja: Junior ainda precisa “acertar” com Iris
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás247_ A coluna Radar On Line da revista Veja, assinada pelo jornalista Lauro Jardim, informa que o empresário José Batista Junior, mais conhecidos em Goiás como Junior do Friboi, deverá ser o candidato mais rico das eleições de 2014.

O empresário filiou-se ao PMDB com as bênçãos da cúpula nacional e a garantia do vice-presidente Michel Temer de que seria o candidato do partido na disputa pelo governo estadual. Há um problema, porém, segundo ironiza o Radar On line: Junior precisaria acertar as contas com Iris, diz a nota, fazendo referência indireta à possibilidade de um acordo possível financeiro pelo apoio integral do PMDB à sua postulação.

Em Goiás é notório o poder de atração de apoios que a conta bancária de Junior possui.

O colunista de Veja vai além: afirma que o PT já está fechado com o empresário, em acordo afiançado pelo ex-presidente Lula.

Leia a nota:

“Tem boi na linha

Junior do Friboi, provavelmente o candidato mais rico que disputará as eleições do ano que vem, já tem praticamente fechado o apoio do PT à sua candidatura ao governo de Goiás. Tem, inclusive, o o.k. de Lula.

Tudo certo, então? Não. Iris Rezende, 79 anos, e que ainda faz chover no PMDB de Goiás, tem colocado alguns obstáculos à frente do seu correligionário. Numa palavra, Junior ainda tem contas a acertar com Iris.”

Por Lauro Jardim

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247