Diagnóstico: Zé Eliton cresce e chance de 2º turno aumenta

A última rodada da pesquisa Diagnóstico sobre a disputa para o Governo de Goiás, divulgada nesta quinta-feira (27) pelo Jornal Opção, aponta que a eleição será decidida no segundo turno entre o governador Zé Eliton (PSDB), candidato à reeleição, e o senador Ronaldo Caiado (DEM); na comparação com a rodada anterior, o tucano cresceu de 12,8% para 15,1% das intenções e o demista caiu de 41,8% para 40,4%; a distância que separa Caiado da soma dos porcentuais de Zé Eliton com os demais postulantes é a menor desde o início da corrida eleitoral e chega 4,9 pontos porcentuais

Diagnóstico: Zé Eliton cresce e chance de 2º turno aumenta
Diagnóstico: Zé Eliton cresce e chance de 2º turno aumenta

Goiás 247 - A última rodada da pesquisa Diagnóstico sobre a disputa para o Governo de Goiás, divulgada nesta quinta-feira (27/9) pelo Jornal Opção, aponta que a eleição será decidida em segundo turno entre o governador Zé Eliton (PSDB), candidato à reeleição, e o senador Ronaldo Caiado (DEM). Na comparação com a rodada anterior, o tucano cresceu de 12,8% para 15,1% das intenções e o demista caiu de 41,8% para 40,4%.

A distância que separa Caiado da soma dos porcentuais de Zé Eliton com os demais postulantes é a menor desde o início da corrida eleitoral e chega 4,9 pontos porcentuais. Na série histórica, Zé Eliton tinha 9% (04/7), depois foi a 12,5% (04/8), em seguida obteve 12,8% (18/9) e agora alcança os 15,1%. Caiado fez trajetória inversa: tinha 39,7 (04/7), manteve 39,8 (04/8), foi a 41,8 (18/9) e agora cai a 40,4.

Como a margem de erro do levantamento Diagnóstico/Jornal Opção é de 3,4 pontos para mais ou para menos, tanto no caso dos votos totais quanto no caso dos votos válidos a possibilidade de vitória de Caiado no primeiro turno está dentro da margem de erro, com forte indicativo, em função das tendências de crescimento e queda dos candidatos, de decisão em segundo turno.

Segundo a pesquisa Diagnóstico/Jornal Opção, o candidato do MDB, deputado federal Daniel Vilela, está em terceiro lugar na corrida, com 12,4% das intenções de votos, seguido pela candidata do PT, a presidente estadual petista Kátia Maria, que tem 5,7% das intenções. Professor Weslei Garcia (PSOL) tem 1,2%, Marcelo Lira (PCB) aparece com 0,6% e Alda Lúcia (PCO), com 0,5%.

Os eleitores Eleitores que pretendem votar nulo ou em branco são 13% e aqueles que não responderam ou souberam escolher 11,3%. A Diagnóstico foi contratada pelo Opção e ouviu 862 eleitores em 61 municípios entre os dias 20 e 25 de setembro. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo de número GO-08373/2018.

No levantamento espontâneo, quando é perguntado apenas em quem o eleitor pretende votar para governador sem apresentar qualquer nome, Caiado lidera as intenções de votos com 29,4%, seguido de José Eliton (9,5%), Daniel (6,7%), Kátia (2,2%) e Alda Lúcia (0,2%). Os outros dois candidatos, Weslei e Marcelo, não foram citados na pesquisa espontânea Diagnóstico/Jornal Opção pelos eleitores ouvidos.

Ao serem questionados em quais candidatos os eleitores não votariam de forma alguma, José Eliton tem 19,5%, Caiado tem 14,4%, e Daniel, 12,5%. Kátia Maria e tem 10,9% de rejeição, Alda Lúcia, com 5,1% de rejeição, Marcelo Lira com 4,9% e Weslei Garcia com 4,6% – 37% dos eleitores não rejeitam nenhum dos nomes e 18,4% não souberam responder.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247