Dicas para criar conteúdo interessante e que ganhe visualizações nas redes sociais

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Com a quarentena que estamos passando e o tempo maior em casa, é normal que projetos pessoais ou ideias de negócio comecem a sair do papel. E hoje tanto o YouTube como as redes sociais são uma necessidade: eles representam uma das principais formas de consumir conteúdo de todos os tipos atualmente.

Entrar nesse mundo de conteúdo original relevante não é tão fácil quanto pode parecer. É claro que qualquer um pode fazer um vídeo de celular em qualidade duvidosa e postar (e eventualmente ser visto), mas a diferença entre um meme que faz rir por 10 segundos e um vídeo relevante que permanece na bagagem cultural de quem assiste é monstruosa.

Vamos falar a seguir sobre como fazer um vídeo relevante para a internet, mas não apenas isso: vamos ver, principalmente, como fazer o seu vídeo ser visto. 

Forma e edição

Se o conteúdo é a refeição saborosa, a forma como ela é oferecida é a louça limpa e atraente no qual ela é servida – nunca menospreze isso. Muitas vezes, a diferença entre um vídeo visualizado por muitos e um post esquecido é justamente a maneira como ele é apresentado ao público.

No caso dos vídeos, uma vez decidido o conteúdo e a maneira como ele será apresentado, é aprender o máximo possível sobre edição. Nem só de lives de Instagram vivem as pessoas que criam conteúdo na internet, então aprender a cortar, juntar partes, regular o áudio e, de uma maneira geral, tornar seu vídeo fluído e fácil de assistir é absolutamente essencial para quem quer ser visto.

Existem muitas maneiras de editar vídeos e um sem-número de ferramentas para isso. Procure por editor de vídeo para PC e aprenda na prática a fazer isso – não há maneira melhor de desenvolver as habilidades necessárias e fazer o trabalho com cada vez mais facilidade. 

Que tipo de conteúdo é relevante?

Falamos que o YouTube e as redes sociais já estão beirando os 20 anos de idade, e isso serve para formular um raciocínio simples: numa rede mundial conectada é fácil perceber que virtualmente qualquer tema já foi e/ou já está sendo explorado.

Isso não quer dizer, de jeito nenhum, que não haja espaço para novidades. A questão é: mesmo e o que você quer fazer já exista, a tática é fazer diferente e, preferencialmente, melhor do que o que já está disponível. Assim sendo, a primeira coisa a se fazer para obter relevância é analisar o que os outros andam fazendo para ter uma noção do que funciona e do que não funciona.

Uma ideia interessante é se especializar de alguma maneira. Claro que existem canais de conteúdo geral, mas isso por si só já é uma especialização, não é? O que importa, nesse caso, é conteúdo sempre relevante ou que fidelize o público de alguma maneira. Aliás, criar algo que faça as pessoas voltarem para assistir é meio caminho andado para se obter sucesso no YouTube e nas redes sociais.

Para ser visto

Embora a tentação de simplesmente fazer upload do vídeo e torcer para que ele apareça para as pessoas seja grande, esse é o caminho errado a se tomar. Para obter relevância na indexação do Google e também nos algoritmos das redes sociais, é preciso entender pelo menos um pouco como funciona isso.

O primeiro segredo é fazer com que seu vídeo atinja o público-alvo certo para ele. Se você está falando, digamos, sobre agricultura familiar e a importância que ela tem, é improvável que algum jovem de 15 anos cujos interesses são games e reality shows, por exemplo, clique para assistir.

Existem recursos para prevenir isso e fazer com o que seu material chegue até as pessoas certas, e uma forma de fazer isso é através de publicações patrocinadas, que podem ser direcionadas através de uma série de filtros. Ou então apresentar seu vídeo para pessoas que se interessam pelo assunto, seja em grupos no Facebook ou até amigos, familiares e conhecidos.

Dicas mais genéricas também são importantes. A primeira de todas é usar palavras que as pessoas pesquisem na internet quando quiserem saber sobre o assunto, as famosas palavras-chave. Outra tática é usar a plataforma própria de cada rede para fazer upload. Por exemplo, um vídeo inserido diretamente no Facebook vai obter muito mais projeção do que um link do YouTube colocado lá.

Lembre-se dessas dicas, saiba escolher bem do que falar e como falar e, com um vídeo bem produzido e editado, você tem a faca e o queijo na mão para propagar conteúdo com sucesso nas redes sociais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247