CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Dilma adia vinda à Bahia

Presidente desembarcaria em Salvador nesta sexta (24) para lançar Programa Nacional de Cirurgias Eletivas, em Serrinha, junto com o governador Jaques Wagner; assessoria do Planalto justificou que ausência seria devido a "problemas de agenda". Falta frustra campanha do candidato petista à prefeitura de Salvador, Nelson Pelegrino

Dilma adia vinda à Bahia (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Bahia 247

A visita da presidente Dilma Rousseff (PT) era expectativa do núcleo da campanha petista, que nos bastidores aguardava uma oportunidade de posicionamento favorável a Nelson Pelegrino, na corrida em Salvador.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A presença da mandatária, que já aparece em algumas peças do candidato, como no vídeo do jingle da campanha - como um desenho animado - e no novo jogo da campanha, era a primeira chance de adesão à disputa soteropolitana.

Mas seu compromisso seria institucional, com o intuito de participar com o governador Jaques Wagner (PT) do lançamento do Programa Nacional de Cirurgias Eletivas, em Serrinha, centro-norte da Bahia, a 170 quilômetros de Salvador.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A assessoria do Planalto justificou que a ausência seria devido a "problemas de agenda". O programa será lançado pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

A viagem da presidente foi anunciada com entusiasmo pelo governador na segunda-feira (20/8), quando ele destacou a importância do programa que deverá contemplar a população do interior. Segundo ele, a inspiração surgiu a partir do programa baiano Saúde em Movimento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"É uma homenagem ao nosso programa que, pelo interior deste estado, já fez em três anos mais de 85 mil cirurgias de catarata, devolvendo o que é tão fundamental - a visão para muitos baianos e baianas".

O lançamento do Programa Nacional de Cirurgias Eletivas, que tem o objetivo de minimizar os problemas enfrentados pelos gestores de saúde quanto ao aumento da demanda reprimida de vários tipos de procedimentos cirúrgicos eletivo,s ocorrerá às 11h, com a presença também do secretário de Saúde, Jorge Solla.O novo programa facilitará 84 procedimentos cirúrgicos compostos por várias especialidades: otorrinolaringologia, oftalmologia, urologia e ginecologia.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO