Dilma discute crise financeira com Merkel na segunda

Ns nos preocupamos com esse tsunami monetrio em que os pases desenvolvidos esto metidos", criticou a presidente brasileira nesta semana

Dilma discute crise financeira com Merkel na segunda
Dilma discute crise financeira com Merkel na segunda (Foto: Yves Herman/ REUTERS)

Agência Brasil – A presidenta Dilma Rousseff e a primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, encontram-se na próxima segunda-feira (5), na cidade alemã de Hannover, e a crise financeira deve ser o principal assunto da conversa entre as duas chefes de governo. Ontem(1º), Dilma criticou a estratégia europeia de injetar liquidez nos mercados para sair da crise.

“Nós nos preocupamos, sim, com esse tsunami monetário em que os países desenvolvidos, que não usam políticas ficais da ampliação da capacidade de investimento para retomar e sair da crise, estão metidos e que, literalmente, despejam US$ 4,7 trilhões no mundo, ao ampliar [os problemas], de forma muito adversa, perversa para o resto dos países, principalmente os em crescimento, que são os emergentes”, disse Dilma, em cerimônia do Palácio do Planalto.

A presidenta vai a Hannover para visitar a Feira Internacional de Tecnologia da Informação, Telecomunicações, Software e Serviços (CeBIT), maior evento do setor, que este ano tem o Brasil como país parceiro.

Dilma, que viaja na noite deste sábado (3), chega à Alemanha na tarde de domingo (4) e passa o dia sem compromissos oficiais. Na segunda-feira, ela participa da abertura da CeBIT, e, em seguida, de um jantar de trabalho oferecido pelo governo alemão. A conversa com Angela Merkel está marcada para depois do jantar.

Além da crise, as duas chefes de governo deverão conversar sobre cooperação em ciência e tecnologia, energias renováveis, parcerias educacionais entre os dois países no programa Ciência sem Fronteiras e temas internacionais, como a reforma do Fundo Monetário Internacional e os preparativos para a reunião do G20, em junho, no México. Dilma deverá reforçar o convite para que Angela Merkel venha ao Brasil para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, também em junho.

Na terça-feira (6), Dilma visita o pavilhão do Brasil na feira e também deve passar por stands de empresas internacionais de tecnologia, sempre acompanhada por Angela Merkel, anfitriã da visita. As duas devem fazer uma declaração conjunta à imprensa e participar de um almoço, que também reunirá empresários e industriais dos dois países. A Alemanha é o quarto parceiro comercial do Brasil.

A presidenta será acompanhada pelos ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel, das Comunicações, Paulo Bernardo, da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, e da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas. Também estarão na comitiva o assessor especial para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, e os governadores da Bahia, Jaques Wagner, e do Rio Grande do Sul, Tarso Genro. O retorno ao Brasil está previsto para o começo da tarde de terça-feira.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247