"Dilma escolheu ministros suspeitos", diz Serra

Tucano culpa presidente pelas cinco substituies no time do governo, provocadas por denncias; ele rebate tese de herana maldita de Lula e considera que Dilma fez "escolhas erradas"; cinco ministros caram por suspeitas de corrupo

"Dilma escolheu ministros suspeitos", diz Serra
"Dilma escolheu ministros suspeitos", diz Serra (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Agência Estado - Derrotado por Dilma Roussef há mais de um ano nas eleições presidenciais, José Serra foi na jugular da presidente neste sábado ao comentar as sucessivas crises do governo com a substituição de cinco ministros devido a denúncias. Ao contrário do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que costuma poupar Dilma e bombardear Lula, Serra culpou a petista pela escolha de ministros suspeitos de corrupção. "Há uma tendência de jogar tudo nas costas do Lula. Não que o Lula não tenha responsabilidade, mas não é ele sozinho. É o governo dele e o novo governo", disparou.

Para Serra, é bastante elevado o número de ministros alvejados por denúncias - sendo o último, Carlos Lupi, do Trabalho, que segue como titular da pasta. Pior ainda, ele avalia, é o curto período em que as demissões foram feitas - menos de um ano. "Para um governo recém-formado, do total de ministérios, que são pouco mais de 20, quase um terço já foi comprometido", analisou Serra.

Os ministros que caíram neste ano, por conta de denúncias, foram: Antonio Palocci (Fazenda), em junho; Alfredo Nascimento (Transportes), em julho; Wagner Rossi (Agricultura), em agosto; Pedro Novais (Turismo), em agosto; e Orlando Silva (Esporte), em outubro. Todos foram herdados do presidente Lula. Mas Serra não acredita em "herança maldita", mas nas escolhas "erradas" de Dilma. "Foi ela [Dilma] quem os escolheu. Ela tem a responsabilidade pelo que está ocorrendo. Ninguém é obrigado a aceitar de um governo anterior a nomeação de futuros ministros", opinou.

O pré-candidato à prefeitura de São Paulo participou hoje da cerimônia de posse da nova diretoria do Núcleo Sindical do PSDB no estado. O partido organizou neste ano formalmente 15 núcleos sindicais, numa tentativa de intensificar sua relação com os trabalhadores.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email