Dilma tenta retomar aliança em reunião com governadores do PSB

Na expectativa de realojar o partido no governo na reforma ministerial, presidente Dilma Rousseff chamou para uma reunião os governadores Rodrigo Rollemberg, do Distrito Federal, Ricardo Coutinho, da Paraíba, e Paulo Câmara, de Pernambuco; na semana passada, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que “não há a menor possibilidade de isso acontecer”, sobre a volta da aliança

Na expectativa de realojar o partido no governo na reforma ministerial, presidente Dilma Rousseff chamou para uma reunião os governadores Rodrigo Rollemberg, do Distrito Federal, Ricardo Coutinho, da Paraíba, e Paulo Câmara, de Pernambuco; na semana passada, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que “não há a menor possibilidade de isso acontecer”, sobre a volta da aliança
Na expectativa de realojar o partido no governo na reforma ministerial, presidente Dilma Rousseff chamou para uma reunião os governadores Rodrigo Rollemberg, do Distrito Federal, Ricardo Coutinho, da Paraíba, e Paulo Câmara, de Pernambuco; na semana passada, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que “não há a menor possibilidade de isso acontecer”, sobre a volta da aliança (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Diante das discussões sobre a reforma ministerial, a presidente Dilma Rousseff tenta uma reaproximação com o PSB.

Na expectativa de realojar o partido no governo, ela chamou para uma reunião nesta quarta-feira os governadores Rodrigo Rollemberg, do Distrito Federal, Ricardo Coutinho, da Paraíba, e Paulo Câmara, de Pernambuco.

Na semana passada, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que “não há a menor possibilidade de isso acontecer”, sobre a volta da aliança.

Leia aqui na reportagem de Isadora Peron.  

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247