Diretores da Ideal Saúde são indiciados

A Polícia Civil indiciou os donos do plano Ideal Saúde, o casal Eulerson e Gerusa Botelho pelo crime de estelionato; os débitos da operadora de saúde junto aos hospitais São José e Memorial, ambos localizados no Recife, somam cerca de R$ 18 milhões

Diretores da Ideal Saúde são indiciados
Diretores da Ideal Saúde são indiciados
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – A Polícia Civil indiciou os donos do plano Ideal Saúde pelo crime de estelionato. Isso porque o plano devia R$ 18 milhões em serviços prestados pelos hospitais Memorial São José e Esperança, ambos no Recife. O caso esteve sob responsabilidade o delegado João Dantas Filho, que indiciou o casal Eulerson e Gerusa Botelho pela prática do crime. O inquérito será encaminhado para o Ministério Público Estadual (MPPE), que, se aceitar a denúncia, vai encaminhá-la a um juiz da Vara Criminal para o julgamento. Caso sejam condenados, os proprietários podem pegar de dois a seis anos de prisão.

Segundo o delegado, foi decretada a prisão preventiva dos sócios do plano, porém os mesmos se apresentaram por vontade própria na delegacia. O casal se comprometeu em pagar os hospitais, porém as contas do Ideal Saúde foram bloqueadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que também suspendeu a comercialização de outros 228 planos de 28 operadoras, alegando descumprimento em relação aos prazos de consulta, procedimentos cirúrgicos e exames.

Os hospitais denunciaram o caso há cerca de 20 dias e cobram da Ideal Saúde o valor devido das consultas e internamentos, além de outros serviços referentes ao período que vai de novembro de 2011 a janeiro de 2013. Atualmente, a operadora encontra-se em liquidação extrajudicial.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247