CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Dona Iris exige que "traidores" se apresentem

Recado é para os deputados de oposição que recuaram e não assinaram requerimento para criação de CPIs contra o governo; líder do PMDB na Assembleia, Bruno Peixoto diz que ninguém do partido deixou de assinar; fato gerou primeira crise na oposição em 2013; na próxima terça-feira será realizada reunião para apurar o episódio

Dona Iris exige que "traidores" se apresentem
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Goiás 247_ Quem retirou os nomes dos requerimentos das CPIs? Esta é a pergunta que atormenta a oposição e fomenta a primeira (e grave) crise do grupo em 2013. O bloco oposicionista não conseguiu assinaturas suficientes para abrir CPIs contra o governo estadual na Assembleia. Na hora “H” alguns deputados recuaram e o presidente da Casa, Helder Valin, não revelou os nomes.

Agora, PMDB e PT fazem promovem uma verdadeira caça às bruxas interna para descobrirem quem são esses traidores. Já está marcada uma reunião para a próxima terça-feira para avaliar a crise. O líder do PMDB na Assembleia, Bruno Peixoto, garante que nenhum dos deputados do PMDB retirou o nome da lista. Será??? Nos bastidores a informação é o contrário.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A deputada federal Iris de Araújo (PMDB) já entrou na parada e exige que os traidores se apresentem. “Estamos esperando um posicionamento do nosso líder Bruno Peixoto a respeito. Aqueles que bateram em retirada, que se apresentem”, escreveu em seu Twitter.

Bruno Peixoto vem tentando amenizar os ânimos exaltados e disse que qualquer julgamento antes da reunião é prematuro. O deputado Karlos Cabral (PT) não ficou em cima do muro e foi para cima dos colegas. Afirmou que quem traiu tem que ser punido.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A decepção maior dos deputados é porque tudo havia sido combinado antes. As CPIs da Saúde, da Segurança e do Rodovida tinham como alvo o governo estadual. A criação das comissões seria o primeiro grande ato da oposição em 2013 e inauguraria uma fase mais combativa do grupo. Este primeiro levante fracassou e agora o grupo tenta se reorganizar.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO