Donizete: ‘não apoiamos Marcelo. Kátia é uma possibilidade’

Após o encontro realizado pelo PT, neste final de semana, o diretório do partido definiu que lançará a pré-candidatura do deputado estadual Paulo Mourão ao governo do Estado; o suplente ao Senado e senador durante 2015 e 2016, Donizeti Nogueira (PT), afirmou que não será contra a indicação do parlamentar, mas que ainda é cedo para definir nomes, porque outros nomes podem surgir até o encontro estadual do partido; “Hoje é hora de todo mundo lançar suas pretensões, e eleição disputa quem consegue fazer uma boa coligação. Inscrevi-me há mais de 60 dias como pré-candidato ao senado pelo PT”

Após o encontro realizado pelo PT, neste final de semana, o diretório do partido definiu que lançará a pré-candidatura do deputado estadual Paulo Mourão ao governo do Estado; o suplente ao Senado e senador durante 2015 e 2016, Donizeti Nogueira (PT), afirmou que não será contra a indicação do parlamentar, mas que ainda é cedo para definir nomes, porque outros nomes podem surgir até o encontro estadual do partido; “Hoje é hora de todo mundo lançar suas pretensões, e eleição disputa quem consegue fazer uma boa coligação. Inscrevi-me há mais de 60 dias como pré-candidato ao senado pelo PT”
Após o encontro realizado pelo PT, neste final de semana, o diretório do partido definiu que lançará a pré-candidatura do deputado estadual Paulo Mourão ao governo do Estado; o suplente ao Senado e senador durante 2015 e 2016, Donizeti Nogueira (PT), afirmou que não será contra a indicação do parlamentar, mas que ainda é cedo para definir nomes, porque outros nomes podem surgir até o encontro estadual do partido; “Hoje é hora de todo mundo lançar suas pretensões, e eleição disputa quem consegue fazer uma boa coligação. Inscrevi-me há mais de 60 dias como pré-candidato ao senado pelo PT” (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - Após o encontro realizado pelo PT, neste final de semana, o diretório do partido definiu que lançará a pré-candidatura do deputado estadual Paulo Mourão ao governo do Estado. O suplente ao Senado e senador durante 2015 e 2016, Donizeti Nogueira (PT), afirmou que não será contra a indicação do parlamentar, mas que ainda é cedo para definir nomes, porque outros nomes podem surgir até o encontro estadual do partido. 

“Hoje é hora de todo mundo lançar suas pretensões, e eleição disputa quem consegue fazer uma boa coligação. Inscrevi-me há mais de 60 dias como pré-candidato ao senado pelo PT”, disse Nogueira ao T1 Notícias.

Além da candidatura do Paulo Mourão ao governo do Estado, o deputado falou das prováveis candidaturas do governador Marcelo Miranda (PMDB), da senadora e presidente da Faet, Kátia Abreu (PMDB), e do prefeito Carlos Amastha (PSB), também para o governo. “Uma que não apoiamos de maneira nenhuma é a do PMDB, do Marcelo Miranda”, disse.

Caso Paulo Mourão não passe para um possível segundo turno, Donizeti acredita que o partido apoiará a candidatura de Kátia Abreu. “O PT tem um passivo com ela hoje, de lealdade com a presidenta Dilma, compromisso com os trabalhadores na reforma trabalhista e na reforma da previdência que ela tem assumido agora”.

De acordo com o petista, Kátia pode oferecer palanque para a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência da República. “A prioridade é o presidente Lula”, garantiu Donizeti.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247