HOME > Geral

Donizeti: 'Lula é perseguido por ter ajudado povo brasileiro'

O senador Donizeti Nogueira (PT) fez coro à "indignação" da bancada do PT e de centenas de líderes contra a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, determinada pelo juiz Sérgio Moro durante a 24ª fase da Operação Lava Jato; "Estou indignado com o que estou assistindo hoje no nosso País", afirmou; Donizeti citou ações do ex-presidente petista, como a Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Luz para Todos, e disse que estes programas são os responsáveis pelo o que chamou de perseguição; brasileiros não podem aceitar esta "ação com cunho golpista à democracia", chamando a militância para ir aos diretórios municipais e estaduais

O senador Donizeti Nogueira (PT) fez coro à "indignação" da bancada do PT e de centenas de líderes contra a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, determinada pelo juiz Sérgio Moro durante a 24ª fase da Operação Lava Jato; "Estou indignado com o que estou assistindo hoje no nosso País", afirmou; Donizeti citou ações do ex-presidente petista, como a Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Luz para Todos, e disse que estes programas são os responsáveis pelo o que chamou de perseguição; brasileiros não podem aceitar esta "ação com cunho golpista à democracia", chamando a militância para ir aos diretórios municipais e estaduais (Foto: Aquiles Lins)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Tocantins 247 - O senador Donizeti Nogueira (PT) fez coro à "indignação" da bancada do PT e de centenas de líderes contra a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, determinada pelo juiz Sérgio Moro durante a 24ª fase da Operação Lava Jato.

Para o petista, Lula está sendo "perseguido" não por ter feito algo errado, mas por "ter ajudado o povo brasileiro". A manifestação do tocantinense foi repercutida no site do Partido dos Trabalhadores (PT) no Senado.

"Estou indignado com o que estou assistindo hoje no nosso País", afirmou Donizeti Nogueira. O tocantinense citou ações do ex-presidente petista, como a Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Luz para Todos, e disse que estes programas são os responsáveis pelo o que chamou de perseguição. "Ele, através das políticas públicas do seu governo, tirou mais de 40 milhões de brasileiros da miséria", afirmou.

Donizeti Nogueira disse que os brasileiros não podem aceitar esta "ação com cunho golpista à democracia", chamando a militância para ir aos diretórios municipais e estaduais. "Vamos nos encontrar para planejar a nossa ação de mobilização contra essa ofensa ao presidente Lula", disse.

O próprio veículo petista, que repercutiu a manifestação de Donizeti, avalia a ação da Polícia Federal como "arbitrária, ilegal, e injustificável", além de "constituir grave afronta" ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Aletheia
A Polícia Federal realizou na manhã de sexta-feira, 4, a 24ª fase da Operação Lava Jato no prédio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e de seu filho Fábio Luíz Lula da Silva –também conhecido como Lulinha. Essa fase da operação, batizada de Aletheia, apura se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai favoreceram Lula por meio do sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá.

O objetivo é dar continuidade às investigações de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros praticados por diversas pessoas no contexto do esquema criminoso revelado e relacionado à Petrobras.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: