Dor de cabeça para Iris: Temer quer Friboi no PMDB

Deputados federais Pedro Chaves e Daniel Vilela, aliados de Júnior Friboi, já estiveram com Michel Temer para falar da expulsão do empresário do PMDB goiano; vice-presidente da República sinaliza que comissão provisória não tem autoridade para expurgar filiados; defesa de Friboi aponta falha no rito processual e avisa que vai recorrer ao diretório nacional; Temer foi o principal responsável pela filiação de Júnior ao PMDB e apostava na candidatura do empresário ao governo estadual; reação de Friboi mostra que ele está disposto a enfrentar Iris Rezende em ano que antecede eleições municipais e quer assumir o comando do partido

friboi
friboi (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - A situação de Júnior Friboi dentro do PMDB ainda está longe de ser definida, como sonham Iris Rezende e seus aliados. Os advogados do empresário afirmaram que ele vai ao diretório nacional da expulsão sofrida no PMDB goiano. E Júnior não está sozinho. Os deputados e lideranças o apoiam estão dispostos a reverter o quadro, enfrentar Iris e manter Friboi no partido.

A coluna Giro, de O Popular, informou que os deputados federais Daniel Vilela e Pedro Chaves já estiveram com o vice-presidente Michel Temer, comandando do PMDB, para consultá-lo sobre a expulsão de Júnior Friboi. Temer teria afirmado que comissão provisória não tem respaldo para expurgar filiados. A defesa ainda alega falhas no rito processual que resultou na exclusão do empresário.

Foi Michel Temer o principal padrinho de Friboi na filiação ao partido. O vice-presidente da República esteve em Goiânia para chancelar a entrada de Júnior no PMDB e sempre foi simpático a uma candidatura do empresário. Iris Rezende nunca engoliu a forma como Friboi chegou ao partido; de cima para baixo. 

O capítulo da expulsão é só mais um na novela que virou a saga de Friboi dentro da legenda. De pré-candidato ao governo estadual em 2014, Friboi virou apoiador de Marconi Perillo (PSDB) no segundo turno e divulgou carta criticando Iris e seu jeito de fazer política. Desde então começou a fritura de Friboi dentro do PMDB.

O empresário faz questão de ressaltar que não tem vontade de deixar a legenda e acredita que pode assumir as rédeas do PMDB goiano. Em ano que antecede eleições municipais e Iris Rezende praticamente já foi lançado na disputa pela prefeitura de Goiânia, a briga com Friboi promete esquentar a chapa do PMDB.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247