Doria diz que pichador provavelmente rouba celular

Em sua cruzada contra os pichadores, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), agora diz que eles provavelmente "roubam celulares" para comprarem equipamentos e produtos para fazerem pichações; a afirmação aconteceu em entrevista ao  ao “Programa Amauri Junior”, da Rede TV, quando Doria respondia a uma declaração de Amauri, de que pichar exige “um investimento, porque a tinta tem que ser comprada”

Doria participou neste sábado de mais uma ação da Operação Cidade Linda
Doria participou neste sábado de mais uma ação da Operação Cidade Linda (Foto: Giuliana Miranda)

SP 247 - O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), deu maiz uma declaração polêmica sobre pichadores. Em entrevista ao  ao “Programa Amauri Junior”, da Rede TV, o tucano disse que “provavelmente” pichadores “roubam celulares” para comprar equipamentos e produtos para fazerem pichações. Doria respondia a uma declaração de Amauri, de que pichar exige “um investimento, porque a tinta tem que ser comprada”.

As informações são de reportagem de O Globo.

"— São uns transgressores, provavelmente roubam celulares, roubam outras coisas. Não estou afirmando, estou supondo. Para poderem comprar equipamentos e produtos para fazerem suas pichações — disse Doria, salientando que em São Paulo os “pichadores serão implacavelmente perseguidos e vigiados”.

— Arte urbana (...) eu respeito e estimulo. Agora, pichador é um agressor, um bandido urbano. (...) Esse pichador não terá a menor tolerância — disse Doria, lembrando que 68 pichadores já foram presos e estão sendo processados em sua gestão.

O prefeito ainda falou das multas que serão aplicadas aos pichadores. Segundo ele, pichadores que não tiverem dinheiro para pagar multa vão “limpar rua, cuidar de jardim e limpar as porcarias que fazem na cidade de São Paulo”.

— Em São Paulo, não! — esbravejou Doria."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247