Doria diz que pode administrar SP ‘sem estar fisicamente presente’

O prefeito João Doria (PSDB-SP) minimizou as críticas de quem acha que o prefeito paulistano abandonou a cidade; para ViajanDoria, a tecnologia pode ajudar a administrar a cidade "sem estar presente fisicamente"; o prefeito tucano voltou a adotar a estratégia de atacar o PT quando criticado e disse que Lula "não gosta de trabalhar"

doria
doria (Foto: Charles Nisz)

SP 247 - Criticado pelas inúmeras viagens durante os primeiros oito meses de mandato, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta segunda-feira, (04), que é capaz de “administrar a cidade sem estar fisicamente presente”. “É só na cabeça de petistas e outros ‘istas’ é que isso não é possível”, declarou o tucano, ao participar de evento da revista Exame, na capital paulista.

Doria acabou de retornar de Paris, mas diz que as viagens não são justificativa para quem o acusa de ter abandonado São Paulo. "Com a ajuda da tecnologia, você está ligado 24 horas". “Abandono só existe na cabeça de quem pensa pequeno”, afirmou o prefeito paulistano. Doria voltou a criticar o PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, para o tucano, “não gostam de trabalhar”.

Apesar de disputar com o governador Geraldo Alckmin a indicação do PSDB para a eleição presidencial de 2018, Doria teceu elogios ao rival, comentando as privatizações feitas por Alckmin em São Paulo.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247