HOME > Geral

Doria zera verba da Virada Esportiva e banca eventos de vereadores

A gestão do prefeito de São Paulo, João Doria, cortou os R$ 3 milhões previstos para a Virada Esportiva, porque não tem certeza se terá recursos para manter a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME) até o fim deste ano; a pasta, no entanto, liberou mais de R$ 3 milhões para realizar eventos solicitados por vereadores a partir de emendas; alguns eventos solicitados por parlamentares estão marcados para acontecer no próximo final de semana, exatamente durante a Virada Esportiva

São Paulo - O prefeito eleito João Dória fala sobre a Operação Chuvas de Verão, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), região central (Rovena Rosa/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

SP 247 - A gestão do prefeito de São Paulo, João Doria, ainda não sabe se terá dinheiro para bancar o o principal evento esportivo organizado pelo executivo municipal, programado para o próximo fim de semana. Os R$ 3 milhões previstos para a Virada Esportiva foram completamente cortados, porque a gestão tucana não tem certeza se terá recursos para manter a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME) até o fim deste ano.

A pasta, no entanto, liberou mais de R$ 3 milhões para realizar eventos solicitados por vereadores a partir de emendas. Quase todos de artes marciais. Alguns eventos solicitados por parlamentares estão marcados para acontecer no próximo final de semana, exatamente durante a Virada Esportiva, segundo informações divulgadas pelo blog Olhar Olímpico.

A prefeitura lançou um chamamento público, no dia 18 de julho, para “seleção para propostas de realização da Virada Esportiva”. Naquele documento constava que “o teto de recursos disponibilizados para execução da Virada Esportiva, mediante celebração de parcerias, seria de R$ 3 milhões”. Mas cancelou o chamamento em 11 de agosto, com a justificativa publicada no Diário Oficial.

“Ante a possibilidade de haver insuficiência de recursos para manutenção integral de serviços essenciais da pasta (a SEME) até o final de 2017 (…) sendo necessário destinar os recursos que seriam utilizados para o custeio dos projetos objeto do presente chamamento para assegurar o pleno funcionamento da pasta”.

Eventos

Um dos eventos solicitados por vereadores está a “5ª Copa Revelando Talentos”, que será realizada pela “genérica” Federação Paulista de Artes Marciais Interestilos no Clube Escola José de Anchieta, na Zona Leste. Com um investimento foi de R$ 164 mil, o evento foi pedido pelo vereador Celso Jatene (PR).

O Muay Thai Classic GP – 1ª Edição, que terá 14 lutas no Clube Esportivo da Mooca, acontece no próximo sábado e custará R$ 174 mil para a prefeitura.

Entre emendas dos vereadores Souza Santos (PRB) e Conte Lopes (PP), a desconhecida FEPLAM receberá mais de R$ 450 mil para a realização de três eventos nos próximos finais de semana. Ela também será responsável pelo Showdown Muay Thai Pro 2017 e pelo Arena Brazil X.

O Instituto Mais Esporte promoverá o Top Thai Brasil VI e o Amazing Fight Brazil 2017, com mais de R$ 350 mil destinados por vereadores. 

Acontecerão pelo menos 20 eventos, todos publicados em Diário Oficial a partir de 10 de agosto, desde o cancelamento dos R$ 3 milhões que seriam destinados à Virada Esportiva.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: