Dra. Silvana diz que vai a audiência do Conselho de Ética do PMDB

A deputada Dra. Silvana (PMDB) informou que foi intimada a comparecer a audiência no Conselho de Ética do PMBD, devido ao seu posicionamento em relação à extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A parlamentar disse que irá comparecer à audiência, porém com o objetivo de “aconselhar o partido”. “Fechar questão sem deputado é errado, assim como nomear executiva sem deputado estadual”, criticou. Além dela, os deputados Audic Mota e Agenor Neto poderão ser expulsos por ter contrariado a decisão do partido

A deputada Dra. Silvana (PMDB) informou que foi intimada a comparecer a audiência no Conselho de Ética do PMBD, devido ao seu posicionamento em relação à extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A parlamentar disse que irá comparecer à audiência, porém com o objetivo de “aconselhar o partido”. “Fechar questão sem deputado é errado, assim como nomear executiva sem deputado estadual”, criticou. Além dela, os deputados Audic Mota e Agenor Neto poderão ser expulsos por ter contrariado a decisão do partido
A deputada Dra. Silvana (PMDB) informou que foi intimada a comparecer a audiência no Conselho de Ética do PMBD, devido ao seu posicionamento em relação à extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A parlamentar disse que irá comparecer à audiência, porém com o objetivo de “aconselhar o partido”. “Fechar questão sem deputado é errado, assim como nomear executiva sem deputado estadual”, criticou. Além dela, os deputados Audic Mota e Agenor Neto poderão ser expulsos por ter contrariado a decisão do partido (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - A deputada Dra. Silvana (PMDB) informou, em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (22), que foi intimida a comparecer a uma audiência de instrução pelo Conselho de Ética do PMDB. A intimação diz respeito à votação da parlamentar em relação à extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Dra. Silvana, juntamente com os deputados Audic Mota (PMDB) e Agenor Neto (PMDB), votou pela extinção da corte de contas, contrariando decisão estabelecida pelo partido.

A parlamentar disse que irá comparecer à audiência, porém com o objetivo de “aconselhar o partido”. “Fechar questão sem deputado é errado, assim como nomear executiva sem deputado estadual”, criticou Dra. Silvana, referindo-se à falta de debate sobre o tema dentro do partido.

Além disso, Dra. Silvana avaliou a possível mudança do nome do PMDB para MDB – como era na fundação da agremiação. “Mudar o nome não vai resolver nada se não mudar a essência”, opinou. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247