Duas menores são acusadas de matar jovem em Jataí

Estudante de biomedicina Bianca Mantelli Pazinatto, de 18 anos, foi assassinada a facadas e encontrada no quarto da casa uma adolescente, em Jataí. Polícia afirma que menor e amiga planejaram todos os detalhes da morte de Bianca. As duas já foram apreendidas pela polícia. Uma das acusadas disse ter mantido um relacionamento amoroso com a vítima e não aceitava o fim da relação, o que teria motivado o crime 

Duas menores são acusadas de matar jovem em Jataí
Duas menores são acusadas de matar jovem em Jataí
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A Redação_ Uma estudante de biomedicina foi assassinada, na noite de segunda-feira (29/7), em Jataí (GO), município que fica a 320 km de Goiânia.

O corpo de Bianca Mantelli Pazinatto, de 18 anos, foi encontrado no quarto de uma adolescente que teria planejado e executado o crime com ajuda de uma amiga.

Bianca estava desaparecida desde a manhã do mesmo dia. Ao dar falta da jovem, a família acionou a polícia, que começou a investigar o caso.

"A equipe levantou pistas ao longo do dia, cada detalhe foi importante. Um policial notou que uma das suspeitas tinha a calça jeans manchada de sangue. Quando a equipe solicitou aos pais para entrar no domicílio para fazer as buscas, encontrou o corpo de Bianca embaixo da cama", disse o delegado André Fernandes.

A estudante foi encontrada no quarto de L.M., de 17 anos, coberta por sacos plásticos. Ela tinha as mãos amarradas e três golpes de faca no pescoço. L.M. contou com a ajuda de uma amiga, M.M.S., de 16 anos.

As suspeitas já foram ouvidas e confessaram o crime. De acordo com o delegado, as adolescentes planejavam o assassinato há cinco dias. Elas chegaram a escrever em um caderno os materiais que usariam. No plano escrito, as suspeitas cogitaram a hipótese de queimar o corpo de Bianca.

"Em depoimento, L.M. disse que gostava muito da vítima. Elas tiveram um relacionamento amoroso, mas Bianca teria se afastado dela, fato que gerou a motivação do crime", disse o delegado, que afirmou ainda que os pais de ambas não sabiam do relacionamento.

Bianca morava com a família em Jataí e cursava o terceiro período de biomedicina, na Universidade Federal de Goiás (UFG).

L.M. e M.M.S. foram presas em flagrante por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. De acordo com o delegado, elas estão à disposição do Ministério Público e do poder judiciário. As adolescentes estão sob ameaça de linchamento, e por isso foram transferidas para Goiânia.

(Mônica Parreira)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247