CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Dupla Kassab-Meirelles aposta no interior paulista

Partido do ex-prefeito de São Paulo acelera caravanas pelo interior do Estado com estratégia para crescer de modo sustentado; reuniões com filiados e simpatizantes já atingem mais de 350 cidades e, neste sábado, a escala é em Ribeirão Preto; Gilberto Kassab busca ter 15% das intenções de voto para governador no início do horário eleitoral gratuito, em julho, e conta com a candidatura de Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central, ao Senado; "Não poderíamos ter nomes melhores que Kassab e Meirelles", diz a ex-vice-prefeita paulistana Alda Marco Antônio; comendo pelas beiradas, PSD vem conquistando espaços na briga pelo Palácio dos Bandeirantes

Partido do ex-prefeito de São Paulo acelera caravanas pelo interior do Estado com estratégia para crescer de modo sustentado; reuniões com filiados e simpatizantes já atingem mais de 350 cidades e, neste sábado, a escala é em Ribeirão Preto; Gilberto Kassab busca ter 15% das intenções de voto para governador no início do horário eleitoral gratuito, em julho, e conta com a candidatura de Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central, ao Senado; "Não poderíamos ter nomes melhores que Kassab e Meirelles", diz a ex-vice-prefeita paulistana Alda Marco Antônio; comendo pelas beiradas, PSD vem conquistando espaços na briga pelo Palácio dos Bandeirantes (Foto: Sheila Lopes)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Neste sábado 15, em Ribeirão Preto, no centro da chamada Califórnia brasileira, o PSD vai dar uma demonstração de força. Organizado pela prefeita Darcy Vera, um ato político terá como estrelas o pré-candidato a governador Gilberto Kassab e o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles. Enquanto Kassab executa um minucioso plano para chegar às portas do horário eleitoral gratuito, em julho, com cerca de 15% das intenções, Meirelles está a um passo de assumir com todas as letras sua candidatura ao Senado pelo partido. Que ninguém se engane com essa dupla: correndo por fora, ambos estão fazendo tudo certo para surpreender os adversários.

De saída, Kassab definiu que a prioridade do PSD é o interior do Estado. "Na capital, todos já me conhecem, tenho a imagem consolidada", pontua ele. "Mas no interior há muito para me apresentar, organizar o partido e criar militância". Para isso, ele conta com a ex-vice-prefeita Alda Marco Antônio.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em pessoa, ela já comandou, desde o segundo semestre do ano passado, mais de 200 reuniões de organização do PSD. "Estamos juntando a mulherada", resumiu Alda ao 247. "E nesse trabalho vamos fincando as bandeiras e recolhendo sugestões para o programa de governo do PSD. O engajamento tem sido impressionante".

Kassab reconhece que será fundamental para o PSD, neste momento de formação de bases, ter candidato próprio a governador. Mesmo assim, ele segue sendo alvo da atenção dos tucanos do PSDB, com quem tem aliança histórica. Mas enquanto não chega o momento das convenções partidárias, em junho, o ex-prefeito se movimenta com desenvoltura. Um ônibus envelopado com o logotipo da sigla partidária o vai levando a diferentes cidades, nas quais não faltam recepções festivas e dezenas de apoiadores a esperá-lo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

- Nenhum outro partido está fazendo o trabalho de base que estamos fazendo, acredita Kassab. "Nossos resultados vão aparecer na hora certa".

Para essa alavancagem, a candidatura de Meirelles ao Senado é estratégica. Com a experiência de já ter sido o deputado federal mais votado de Goiás, em 2002, e trânsito livre no empresariado, Meirelles é a grande aposta de Kassab para arrebatar a única cadeira em jogo para o Senado, em outubro.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Concorrendo contra o senador Eduardo Suplicy, nome já definido para o PT, dá-se como certo, nos bastidores da política paulista, que até o ex-presidente Lula tem interesse em que Meirelles seja eleito.

Presidente do BC durante os oito anos de Lula no Palácio do Planalto, ele conta com a não agressão dos petistas pelo flanco esquerdo. O discurso do crescimento econômico está na ponta da língua. Com ele, Meirelles espera ter nitidez suficiente para atrair votos além da própria legenda do PSD.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em razão de seu passado no governo, marcado por elogios que beiram a unanimidade, conta em obter forte cobertura da mídia e abrir espaços diários, durante a campanha, para sua pregação. Videos em que Meirelles e Kassab falam sobre o PSD e as eleições de outubro são apresentados em todas as reuniões partidárias nas quais eles pessoalmente não podem estar. A ideia é não perder tempo.

- Para um partido em formação, continou Alda, é fundamental que tenhamos candidatos majoritários fortes. E não poderíamos ter nomes melhores que Kassab e Meirelles. O 'prefeito' é o melhor político de bastidores do Brasil, e o 'presidente' tem um apetite enorme pela atividade política muito grande. Qual partido não gostaria de ter esses dois super quadros na mão?", pergunta ela.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO



CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO