É guerra?

Assessoria de ACM Neto afirma que flagrou o "exato momento" no qual a equipe de campanha de Nelson Pelegrino (PT) fixava uma das suas peças de propaganda eleitoral por cima de uma do democrata; advogada da coligação encabeçada pelo DEM vai ao TRE e à Polícia Federal

É guerra?
É guerra? (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

A equipe de rua da campanha de ACM Neto (DEM) alega ter flagrado na tarde desta terça-feira (07), na subida da ladeira da Cruz da Redenção, em Brotas, o "exato momento em que um grupo de trabalho do PT cobria a propaganda legal democrata com a de Nelson Pelegrino (PT)". Os advogados da campanha de Neto prometem denunciar o suposto ato da campanha petista ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e a Polícia Federal.

Somente entre a noite de segunda (6) e a madrugada desta terça, segundo a assessoria de ACM Neto, 27 placas de campanha foram destruídas na capital baiana. "Queremos que a Polícia Federal investigue e que o TRE atue com o rigor que essa situação merece. Tem gente querendo baixar o nível da campanha e apelando até para vandalismo", disse a advogada Lilian Reis.

Desde o início da campanha, cerca de 140 placas de ACM Neto, entre móveis e fixas, foram atacadas por vândalos, sobretudo nas avenidas de vale de Salvador e em bairros de periferia, como Cajazeiras e Calabar.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email