Edinho: defendo que Lula assuma a presidência do PT

Ex-ministro da Comunicação de Dilma Rousseff, Edinho Silva defende que o ex-presidente Lula assuma o comando nacional do PT, mas pondera que ainda é cedo para sacramentá-lo como candidato à presidência da República em 2018; "Lula sempre é um nome, evidente. Governou o Brasil, venceu duas eleições, fez a sucessora, sempre é um nome. Tem de ser conversado com ele, com a direção do partido. Defendo que ele assuma a presidência do PT, nem que seja por um período, até menos que um mandato inteiro se for o caso", diz Edinho

Brasília - O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva fala sobre a campanha do governo federal de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, febre chikungunya e zika vírus
Brasília - O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva fala sobre a campanha do governo federal de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, febre chikungunya e zika vírus (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - Ex-ministro da Comunicação de Dilma Rousseff, Edinho Silva defende que o ex-presidente Lula assuma o comando nacional do PT, mas pondera que ainda é cedo para sacramentá-lo como candidato à presidência da República em 2018.

"Lula sempre é um nome, evidente. Governou o Brasil, venceu duas eleições, fez a sucessora, sempre é um nome. Tem de ser conversado com ele, com a direção do partido. Defendo que ele assuma a presidência do PT, nem que seja por um período, até menos que um mandato inteiro se for o caso", diz Edinho em entrevista ao jornal Folha de São Paulo.

Prefeito eleito de Araraquara-SP, Edinho avalia que "o PT precisa reconhecer seus erros e, a partir disso, reivindicar suas conquistas, para continuar tendo relevância no cenário político brasileiro".

O prefeito eleito diz ainda que "a sociedade esperava que o PT fosse diferente de outros partidos, que fizesse as reformas necessárias e não reproduzisse o mesmo modelo de financiamento de outras legendas".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email