Eduardo e Marina investem pesado na Bahia

O PSB decidiu transferir para Salvador evento no qual lançará as "diretrizes para o programa da aliança pragmática" com o Rede Sustentabilidade, de Marina Silva; encontro do partido aconteceria em Recife, em abril, mas os caciques socialistas resolveram fazê-lo na capital baiana dia 22 de março; intenção é fazer o presidenciável Eduardo Campos se tornar conhecido o máximo possível na Bahia, maior estado do Nordeste e dono do terceiro maior colégio eleitoral do país; socialistas contam com palanque forte da senadora Lídice da Mata, candidata ao governo do estado bem colocada nas pesquisas

O PSB decidiu transferir para Salvador evento no qual lançará as "diretrizes para o programa da aliança pragmática" com o Rede Sustentabilidade, de Marina Silva; encontro do partido aconteceria em Recife, em abril, mas os caciques socialistas resolveram fazê-lo na capital baiana dia 22 de março; intenção é fazer o presidenciável Eduardo Campos se tornar conhecido o máximo possível na Bahia, maior estado do Nordeste e dono do terceiro maior colégio eleitoral do país; socialistas contam com palanque forte da senadora Lídice da Mata, candidata ao governo do estado bem colocada nas pesquisas
O PSB decidiu transferir para Salvador evento no qual lançará as "diretrizes para o programa da aliança pragmática" com o Rede Sustentabilidade, de Marina Silva; encontro do partido aconteceria em Recife, em abril, mas os caciques socialistas resolveram fazê-lo na capital baiana dia 22 de março; intenção é fazer o presidenciável Eduardo Campos se tornar conhecido o máximo possível na Bahia, maior estado do Nordeste e dono do terceiro maior colégio eleitoral do país; socialistas contam com palanque forte da senadora Lídice da Mata, candidata ao governo do estado bem colocada nas pesquisas (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O PSB decidiu transferir para Salvador evento no qual lançará as "diretrizes para o programa da aliança pragmática" com o Rede Sustentabilidade, partido que teve registro negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2013 e ficou impedido de lançar candidatura da ex-senadora Marina Silva.

Evento aconteceria em Recife, em abril, mas os caciques socialistas resolveram fazê-lo na capital baiana provavelmente no dia 22 de março, conforme matéria do jornal Tribuna da Bahia.

Intenção é de fazer o governador de Pernambuco e pré-candidato à presidência da República, Eduardo Campos, se tornar conhecido o máximo possível na Bahia, maior estado do Nordeste e dono do terceiro maior colégio eleitoral do país.

E os socialistas têm a seu favor o fato de a candidatura da senadora Lídice da Mata ao governo do estado ser uma das mais fortes. Pesquisas de intenção de voto feitas até então apontam a ex-prefeita de Salvador à frente do candidato do PT, Rui Costa, chefe da Casa Civil de Jaques Wagner.

Aposta é de palanque forte com Lídice, que tem em sua chapa a juíza-política Eliana Calmon como candidata ao Senado.

Eduardo Campos e Marina Silva, candidata a sua vice-presidente, estiveram em Salvador no último dia 22, no 'Seminário Pensar Bahia Sustentável'.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email