CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Edvaldo: 'Não conversei com Amorim. É especulação'

O ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) negou, nesta quinta (9), que tenha iniciado conversações com o agrupamento do senador Eduardo Amorim (PSC); "Não conversei com [Edivan] Amorim, nem com Eduardo Amorim, nem André Moura. É tudo especulação. O próprio André disse que não conversou comigo. Aliás, tem muito tempo que não falo com Amorim. Acho que a última vez foi na campanha de Déda em 2010", ressaltou ele, em entrevista ao programa "A Hora da Verdade", na rádio 103 FM; Edvaldo voltou a defender que o grupo que dá sustentação ao governo de Jackson Barreto (PMDB) lance um único candidato

Imagem Thumbnail
O ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) negou, nesta quinta (9), que tenha iniciado conversações com o agrupamento do senador Eduardo Amorim (PSC); "Não conversei com [Edivan] Amorim, nem com Eduardo Amorim, nem André Moura. É tudo especulação. O próprio André disse que não conversou comigo. Aliás, tem muito tempo que não falo com Amorim. Acho que a última vez foi na campanha de Déda em 2010", ressaltou ele, em entrevista ao programa "A Hora da Verdade", na rádio 103 FM; Edvaldo voltou a defender que o grupo que dá sustentação ao governo de Jackson Barreto (PMDB) lance um único candidato (Foto: Valter Lima)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) negou, nesta quinta-feira (9), que tenha iniciado conversações com o agrupamento do senador Eduardo Amorim (PSC). "Não conversei com [Edivan] Amorim, nem com Eduardo Amorim, nem André Moura. É tudo especulação. O próprio André disse que não conversou comigo. Aliás, tem muito tempo que não falo com Amorim. Acho que a última vez foi na campanha de Déda em 2010", ressaltou ele, em entrevista ao programa "A Hora da Verdade", na rádio 103 FM.

Edvaldo voltou a defender que o grupo que dá sustentação ao governo de Jackson Barreto (PMDB) lance um único candidato. "Acredito no consenso, acho que lançaremos um candidato único. Caso eu seja candidato, buscarei o apoio do governador Jackson Barreto. Vou trabalhar para isso. Nosso bloco deve ter um único candidato para enfrentar o atual prefeito. O nosso projeto maior deve ser derrotar a atual gestão que tem massacrado a nossa cidade", ressaltou. Ele relatou que conversou com lideranças do PRB e PSD, mas frisou que "ainda não tem uma movimentação por definição de candidaturas". 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO