CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

El, el, el, o Imperador é da Fiel

Corinthians confirma contratao de Adriano e monta esquadro para a temporada 2011

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O Corinthians planeja montar um esquadrão para a disputa do Campeonato Brasileiro. O primeiro passo foi a contratação, confirmada nesta sexta-feira, do Imperador Adriano, que deve se apresentar no Parque São Jorge na próxima terça-feira (ver texto abaixo). O Timão, no entanto, quer mais, muito mais. Um dos prováveis próximos alvos é o meia Alex (ex-Internacional), que está no Spartak Moscou, da Rússia. O jogador trabalhou com o técnico Tite no Colorado gaúcho e, se recrutado, será muito útil, pois atua tanto na marcação quanto na beirada do campo.

“Precisamos de reforços para o Brasileiro, mas o torcedor pode ficar tranquilo, pois contrataremos de 2 a 4 grandes jogadores. Queremos atletas de ponta, muitos que nem jogam no Brasil", prometeu o presidente Andrés Sanchez, em entrevista à TV Corinthians.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Dinheiro, é bom que se diga, não será problema para a montagem de um grande time. Depois de se tornar protagonista do desmanche do Clube dos 13, o Timão acertou com a Rede Globo, nesta semana, um acordo milionário para a transmissão de seus jogos no Brasileirão. O valor não foi divulgado, mas surgiram especulações de que chegaria à casa de R$ 130 milhões anuais. Sanchez nega, e desconversa.

“Posso falar que vamos ganhar mais de R$ 90 milhões e menos de R$ 130 milhões, há uma cláusula de confiabilidade que não me deixa dizer o valor verdadeiro. Nenhum clube vai ganhar mais que o Corinthians e o único que pode se igualar é o Flamengo. Os outros, infelizmente, vão ganhar menos por causa da audiência", comentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

De acordo com o dirigente, o contrato do alvinegro ainda assim é histórico. “Foi uma negociação que vai revolucionar não só o Corinthians, mas o futebol brasileiro como um todo. É um patamar acima. Está entre os cinco maiores contratos de televisão do mundo e é um valor que a gente não esperava conseguir, muito maior do que o Clube dos 13 estava anunciando", afirmou.

O imperador alvinegro

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A trama foi digna de novela mexicana. O pretendente, o Corinthians, fez a corte, soube que o coração de seu objeto de desejo, o atacante Adriano, batia por outro, o Flamengo, fingiu desinteresse, mas, finalmente, subiu ao altar. O Imperador é o mais novo reforço do Timão para a temporada de 2011. O jogador, que teve o seu contrato rescindido pela Roma no início deste mês, desta forma volta a atuar no futebol brasileiro depois ter defendido o Flamengo na temporada de 2009 e no primeiro semestre de 2010.

O jogador assinou contrato no final da noite de segunda-feira e deverá ser apresentado na próxima terça, quando o clube pretende promover um evento grandioso para comemorar a chegada do atleta. O Corinthians ainda não oficializou a contratação, o que deve ocorrer nas próximas horas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Curiosamente, o primeiro contato de Adriano com os torcedores corintianos deverá ocorrer no mesmo dia em que o São Paulo irá apresentar o atacante Luís Fabiano, contratado junto ao Sevilla, em outro evento de grande porte agendado para acontecer no Morumbi.

Tendo em vista o histórico de polêmicas fora de campo, Adriano teria aceitado assinar um contrato de produtividade com o Corinthians, que promete reduzir os rendimentos do atleta em caso de atos de indisciplina.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Adriano chega ao Corinthians pelas mãos de Ronaldo, que conseguiu convencer o amigo a fechar com o clube do Parque São Jorge. E, assim como aconteceu com o Fenômeno, no final de 2008, o atacante chega ao time depois de ter sido rejeitado pelo Flamengo.

Reforço de peso para a temporada, Adriano, porém, não poderá defender a equipe no Campeonato Paulista, pois as inscrições já estão encerradas. Porém, ele terá tempo de sobra para entrar em forma para poder defender o Corinthians no Brasileirão, que começa em 21 de maio. Neste período, ele também irá finalizar a recuperação de uma cirurgia no ombro a que foi submetido enquanto ainda era atleta da Roma.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Adriano chega no Corinthians para reforçar um ataque que já conta com Liedson como grande nome no momento. Fora as duas estrelas, a equipe tem Dentinho e Jorge Henrique como outras duas principais opções para o setor. Além disso, o técnico Tite dispõe dos reservas William e Edno para o ataque.

Gols e polêmicas

Agora jogador do Corinthians, Adriano teve um início de carreira meteórico. Ele chegou aos profissionais do Flamengo em 2000, e no mesmo ano foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, ainda com 18 anos. O sucesso no clube carioca o levou rapidamente à Europa. Em 2001 ele já era da Inter de Milão.

Jovem, ele não conseguiu se destacar no time milanês e acabou emprestado para a Fiorentina. Em seguida, foi cedido ao Parma. Voltou à Inter em 2004, com status de artilheiro. Desta vez, se adaptou rápido, se manteve como titular e ajudou a levar o time italiano a um dos seus períodos mais gloriosos.

Após a morte do seu pai, em 2006, o atacante viu sua carreira começar a entrar em declínio. Deixou de ser relacionado para os jogos da Inter e confessou problemas com álcool. Prometendo devolver o jogador recuperado, o São Paulo conseguiu o empréstimo do atleta em 2008, em uma negociação que abriu as portas para o retorno dos craques europeus para o futebol nacional.

No Morumbi, foi o artilheiro do time na Libertadores, mas não jogou bem a partida decisiva contra o Fluminense, perdendo a bola no gol que gerou a eliminação do time paulista no Morumbi, e foi embora sem deixar muitas saudades.

Menos de um ano depois de voltar à Inter de Milão, em abril de 2009, saiu do time italiano sem explicações e retornou o Brasil. Passou um período de reclusão na Vila Cruzeiro, no Rio, seu bairro natal, e anunciou em entrevista coletiva a aposentadoria provisória do futebol, pois não sentia mais prazer em jogar.

A aposentadoria, porém, não durou muito, e no final de maio ele já estreava no Flamengo, seu time de coração. Com o status de estrela, marcou 19 gols no Brasileirão de 2009 e levou o time carioca ao título, se firmando ainda mais como ídolo rubro-negro. A lua de mel, porém, mais uma vez durou pouco. No começo do ano seguinte, perdeu um pênalti na decisão da Taça Rio não impediu a eliminação na Libertadores, sentiu a pressão da torcida e se transferiu para a Roma.

Na capital italiana, já chegou sob desconfiança, mas com contrato de três anos. Marcou um gol no amistoso de estreia e não mais balançou as redes. De reserva, passou a não ser mais relacionado para os jogos. Tratando-se de uma lesão no ombro, voltou ao Brasil e não retornou à Itália na data prevista. Cansada de polêmicas, a Roma anunciou a rescisão contratual no começo de março.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO