“Ele não teve capacidade política de reunir”

Senador Armando Monteiro Neto (PTB) afirma que o prefeito do Recife, Joo da Costa (PT), no conseguiu aglutinar o prprio partido nem os aliados que formam a Frente Popular

“Ele não teve capacidade política de reunir”
“Ele não teve capacidade política de reunir” (Foto: Andréa Rêgo Barros/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247- Principal nome da Frente Popular de Pernambuco a defender a tese de múltiplas candidatas “governistas” à Prefeitura do Recife, em outubro, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) demonstra, mais do que nunca, que não quer o prefeito João da Costa como único postulante do campo que integra. Em declaração ao Jornal do Commercio, o parlamentar, que preside regionalmente o seu partido, afirmou que Costa não aglutinou a sua própria legenda e dá mostras de que não tem “capacidade política de reunir” os aliados, como o PCdoB, por exemplo.

No último sábado (14), o deputado Luciano Siqueira (PCdoB) revelou, também ao Jornal do Commercio, que o seu partido não é recebido pelo prefeito João da Costa. “As declarações de Luciano são sintomáticas. Significa que há uma dificuldade de comunicação com o prefeito. Continuo achando que ele não teve capacidade política de reunir”, criticou Armando Monteiro.

O senador ainda afirmou que o prefeito João da precisa, primeiro, passar no teste do seu partido. Para Armando Monteiro Neto, o gestor tem que dar o “passo inicial” de conquistar a unidade em torno do seu nome dentro do PT. “O grande teste será dentro do próprio PT”, destacou.

Armando ressalta que, apesar da postura de aparente segurança - demonstrada em recente evento petista -, Costa segue com as mesmas dificuldades políticas percebidas desde o início do seu mandato. “Embora o prefeito esteja fazendo esse discurso, não aglutinou o PT nem a Frente, e todo dia isso se reafirma”, analisou.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email