Eleição de Olinda deve ir para o segundo turno

ltima pesquisa sobre a sucesso do municpio, realizada pelo Instituto Exatta, indica que o prefeito Renildo Calheiros (PCdoB) no consegue chegar na casa dos 30%

Eleição de Olinda deve ir para o segundo turno
Eleição de Olinda deve ir para o segundo turno (Foto: Laila Santana/Pref.Olinda)

Leonardo Lucena _PE247 – A disputa eleitoral em Olinda segue em aberto, com grande probabilidade de ser definida em um eventual segundo turno. Pesquisa realizada pelo Instituto Exatta sobre a sucessão no município aponta para uma liderança apertada do atual prefeito, Renildo Calheiros (PCdoB), com 29% das intenções de voto. Na segunda colocação, aparece o pré-candidato do PMN, André Luís Farias, o Alf,com 13%.

Na terceira colocação surge deputada estadual Teresa Leitão (PT), com 8%. Vale ressaltar que a petista não é pré-candidata, visto que o PT abriu mão de uma candidatura própria para apoiar o comunista Calheiros. Em seguida estão Ricardo Costa (PTC), com 7%, em quinto; Izabel Urquisa (PMDB) conquistou 6% dos votos; Armando Sérgio (DEM) e o vereador João Luiz (PSB), ambos com 3%. Por fim, na sétima e última posição, Gustavo Rosas (PPS), obteve 1% das intenções de voto. Já os que não souberam ou não opinaram somam 30%.

Segundo o pesquisador da Exatta, João Matos, o caso de Olinda reflete o grau de insatisfação dos eleitores, uma vez que nenhum prefeito teve uma gestão plausível, ganhando, assim, credibilidade dos olindenses. Ao total, 400 entrevistas foram realizadas, com uma margem de erro de 4,9%, para mais ou para menos, e um nível de confiança de 95%.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247