"Eles vão ver eu e Marina ganharmos 2014 juntos"

O governador de Pernambuco e pré-candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, tem se mostrado cada vez mais confiante em relação ao pleito majoritário do próximo ano; em João Pessoa, onde recebeu o título de cidadão da capital paraibana, Campos sinalizou que deverá se desincompatibilizar do cargo em abril e mandou um recado para os que acham que a aliança com a ex-senadora Marina Silva corre o risco de naufragar; “Eles vão ver eu e Marina ganhar o ano de 2014 juntos”, afirmou

"Eles vão ver eu e Marina ganharmos 2014 juntos"
"Eles vão ver eu e Marina ganharmos 2014 juntos" (Foto: Fotoarena/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - O governador de Pernambuco e pré-candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, tem se mostrado cada vez mais confiante em relação ao pleito majoritário do próximo ano. Em João Pessoa, onde recebeu o título de cidadão da capital paraibana, Campos sinalizou que deverá se desincompatibilizar do cargo em abril e mandou um recado para os que acham que a aliança com a ex-senadora Marina Silva corre o risco de naufragar. “Eles vão ver eu e Marina ganhar o ano de 2014 juntos”, afirmou em entrevista à Rádio Correio FM.

A confiança do governador vem na esteira da sinalização de apoio à sua candidatura por parte do PPS, muito embora as pesquisas eleitorais o coloquem em terceiro lugar na corrida rumo ao Planalto. Apesar de não ter mais como voltar atrás no que diz respeito à sucessão presidencial, ele observou que também poderia estar satisfeito com uma cadeira no Senado e tendo o apoio de todos os partidos para eleger o candidato que indicar para disputar o Governo de Pernambuco. Segundo Campos, ele teria 82% das intenções de voto contra apenas 6% do segundo melhor colocado.

Em relação às especulações que a aliança com Marina estaria passando por dificuldades, o governador foi enfático: “As pessoas que estão atordoadas com essa mudança (o ingresso de da ex-senadora no PSB e o fato dela estar cotada para vice na chapa do socialista) ficam todo o santo dia, ao invés de trabalhar, torcendo e plantando que vai ter intriga com Marina. Eles vão ver eu e Marina ganhar o ano de 2014 juntos”, disparou.

Em sua entrevista á rádio paraibana, Campos também voltou a criticar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). “A gente tem que conhecer o que governa. Tem muita gente governando no Brasil que não conhece nem o Nordeste, só conhece governando nas casas dos políticos e nos palanques”, disse. Tem muita gente mofada, precisando ir para casa em Brasília”, completou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247