Elias notifica Iris sobre secretário acusado de corrupção

O vereador Elias Vaz (PSB) notificou o prefeito Iris Rezende (PMDB) e o Controlador Geral do Município, Juliano Gomes Bezerra, nesta quarta-feira, sobre a ação penal contra o novo secretário de Cultura, Kleber Adorno (foto); novo secretário responde na Justiça denúncias do Ministério Público Estadual, em ação penal, por estelionato, formação de quadrilha e fraude em licitações enquanto secretário de Cultura de Goiânia entre os anos de 2010 e 2011 que causou prejuízos de cerca de R$ 1,3 milhão ao cofre municipal

kleber adorno
kleber adorno (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O vereador Elias Vaz (PSB) notificou o prefeito Iris Rezende (PMDB) e o Controlador Geral do Município, Juliano Gomes Bezerra, nesta quarta-feira, sobre a ação penal contra o novo secretário de Cultura, Kleber Adorno, nomeado na última segunda-feira (2).

O secretário responde na Justiça denúncias do Ministério Público Estadual, em ação penal, por estelionato, formação de quadrilha e fraude em licitações enquanto secretário de Cultura de Goiânia entre os anos de 2010 e 2011 que causou prejuízos de cerca de R$ 1,3 milhão ao cofre municipal.

Elias Vaz foi justamente o autor da denúncia à época. “Nós tivemos o convencimento das irregularidades cometidas pela secretaria e as apresentamos à Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Administração Pública. A Decarp investigou e comprovou os atos ilícitos apresentando a denúncia ao Ministério Público. O MP também se convenceu, propôs ação penal que foi acatada pela Justiça e está tramitando. É um absurdo que três instrumentos de investigação coloquem o secretário como acusado de três crimes e ele retorna para o comando da mesma pasta”, disse o vereador.

Em março de 2012, Adorno foi afastado do cargo de secretário de Cultura, exatamente pelas irregularidades cometidas na secretaria.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247