Elias Vaz tenta impedir venda de área de batalhão

Governo do Estado divulgou recentemente a disposição em vender a área do Batalhão Anhanguera, no Setor Marista, para o setor privado; especulações dão conta de que há interesse em utilizar o local para construção de um shopping center; vereador argumenta que prédio, primeiro quartel da PM na Capital, tem importância histórica e ambiental, além de estar localizado em região estratégica para a segurança pública

Elias Vaz tenta impedir venda de área de batalhão
Elias Vaz tenta impedir venda de área de batalhão
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás247_ O vereador Elias Vaz divulgou em plenário nesta terça-feira, 26, que apresentará emenda ao Projeto de lei do Plano Diretor que tramita na Câmara de Goiânia para incluir a área do Batalhão Anhanguera entre as áreas de programas especiais de interesse urbanístico da Capital. Primeiro batalhão a ser instalado em Goiânia, o prédio histórico está ameaçado de deixar de existir.

O governo do Estado divulgou recentemente a disposição em vender a área para o setor privado. Ventila-se que há interesse em utilizar o local para construção de um shopping.

A emenda aditiva proposta por Elias protege a área e prevê que o uso do local só poderá ser alterado por lei específica, aprovada pela Câmara Municipal.

Situado no setor Marista, bairro nobre da capital, o batalhão tem localização estratégica de acesso rápido a vários bairros dessa região, constituindo-se em importante área de segurança. Para Elias Vaz, com o problema da violência urbana, "é inadmissível alterar essa importante localização de um ponto estratégico de segurança na capital". No local estão sediados, por exemplo, o Grupamento Aéreo (Graer) e outras Unidades Especiais. "Estive lá no batalhão, vários oficiais manifestaram a preocupação com essa possível mudança, já que isso vai alterar o sistema de segurança naquela região" explicou.

Patrimônio

Elias argumenta ainda que o Batalhão Anhanguera, instalado na Alameda Americano do Brasil, foi o primeiro de Goiânia. Faz parte da história da Polícia Militar e da capital goiana devendo, inclusive, ser tombado como patrimônio histórico e cultural da cidade. "Vender essa área é desrespeitar mais uma vez a história de Goiânia, a exemplo do que ocorreu com o Estádio Olímpico" enfatizou o vereador.

Elias sustenta ainda que o batalhão está localizado em frente ao Parque Areião, uma das mais importantes áreas de proteção ambiental de Goiânia, com uma rica biodiversidade de fauna e flora do Cerrado. “Tem sido noticiado que há interesse, com a venda da área, de se construir um grande shopping no local. Fica claro que qualquer empreendimento de impacto no perímetro coloca em risco esse patrimônio ambiental. Além de não oferecer risco, o batalhão funciona com um inibidor de ações de depredação”, alega.

Emenda

A emenda do vereador altera o artigo 132 do Plano Diretor acrescentando o Batalhão Anhanguera como Área Especial de Interesse Urbanístico, semelhante a outros que já estão nessa condição, como por exemplo o Autódromo Internacional de Goiânia, o Parque Agropecuário e Hipódromo da Lagoinha. O resultado disso é que qualquer alteração de uso atual dependerá de apresentação de uma lei específica a ser aprovada pela Câmara Municipal.

O artigo 132 determina algumas áreas de Goiânia que, por suas características, qualquer outra destinação que não a vigente, pode alterar definitivamente não só a paisagem local, mas impactar negativamente a qualidade de vida dos moradores de toda uma região, sem contar nos graves problemas ambientais.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email