Elói Pietá vem "fiscalizar" prévias no Recife

Na prxima semana, o secretrio geral do PT desembarca na capital pernambucana para acompanhar de perto o andamento das prvias do partido. Outro que tambm vir cidade o secretrio de Mobilizao, Jorge Coelho, porm sem data definida. Ambos tero a misso de elaborar um relatrio do processo para a direo nacional da legenda

Elói Pietá vem "fiscalizar" prévias no Recife
Elói Pietá vem "fiscalizar" prévias no Recife (Foto: Divulgação)

Leonardo Lucena _PE247 - Na próxima semana, o secretário geral do PT, Elói Pietá, chega ao Recife para acompanhar de perto as prévias da legenda na capital pernambucana, cuja disputa será travada entre o secretário estadual de Governo, Maurício Rands, da corrente Construindo Um Novo Brasil (CNB), e o atual prefeito João da Costa. O embate ocorre no dia 20 de maio. Também virá à cidade o secretário nacional de Mobilização da sigla, Jorge Coelho, porém sem data definida. Tanto Pietá como Coelho fazem parte da Comissão de Acompanhamento Eleitoral (CAE) e virão com o objetivo de elaborar um relatório para ser entregue à direção nacional da legenda.

A vinda dos petistas é fruto de uma reunião entre os presidentes nacional e estadual do PT, Rui Falcão e Pedro Eugênio, respectivamente, que pediram aos secretários para relatarem como está o clima das prévias no Recife, devido à importância de manter a unidade do partido. Para o secretário geral da sigla, Elói Pietá, é necessário que se tenha o menor número de atritos possível, para não desestabilizar a relação dentro do PT e com as legendas aliadas. Lembrando que ele já tem experiência em disputa desta natureza, pois concorreu às prévias para a Prefeitura de Guarulhos, em 2004, e acabou sendo reeleito no primeiro turno com 53,58% dos votos.

Já o secretário de Mobilização do PT, Jorge Coelho, afirma que a prévia deve servir para fortalecer o PT no Recife. Além disso, para ele, se o atual comandante da Prefeitura do Recife (PCR), João da Costa, vencer as prévias e o ex-prefeito e deputado federal, o petista João Paulo, decidir não apoiá-lo, terá que dar explicações perante a opinião pública, por não estar no palanque de um candidato da base governista. Até porque, ele (João Paulo) é o principal nome da sigla na capital.

PRÉVIAS PARTIDÁRIAS – Como a realização de prévias no Recife é fato comum, a disputa do PT entre Maurício Rands e prefeito João da Costa vem chamando a atenção da imprensa, dos historiadores, de cientistas políticos e de todos aqueles que acompanham o processo. Segundo o cientista político da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Tiago Levi, é notório que este embate enfraquecerá o PT na capital pernambucana.

“Duas perguntas tendem a centralizar o debate nas eleições municipais no Recife: primeiro, caso Maurício Rands vença a disputa, como o partido vai explicar o fato de ter apostado em um candidato e quatro anos depois tirá-lo da disputa e tentar convencer o eleitor a escolher um novo nome? Ora, se o partido errou uma vez, por que não pode errar novamente? Segundo, se o prefeito João da Costa vencer as prévias, como convencer o eleitor a votar em um prefeito que não passa confiança nem para o próprio partido?”, questiona Levi.

De acordo com o estudioso, referindo-se ao governo do atual prefeito da capital, não dá para fazer uma administração eficaz sem articulação política, o que significa que o problema não está na gestão em si. “A falta de diálogo com as inúmeras facções do PT e de outras legendas da Frente Popular influenciou, e muito, na gestão de João da Costa.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247