Ely Aguiar defende regulamentação sobre avanço de sinal vermelho

O deputado Ely Aguiar (PSDC) informou nesta quarta-feira (16) que apresentou projeto de lei proibindo a cobrança de multa aos condutores que avançam o sinal vermelho entre as 22h e 6h em todo o Estado do Ceará. “Não existe uma lei que regulamente e discipline esta prática, daí a importância do meu projeto”, defendeu, ressaltando os boatos e informações desencontradas que circularam nas redes sociais questionando se há ou não a cobrança da multa nesses casos

O deputado Ely Aguiar (PSDC) informou nesta quarta-feira (16) que apresentou projeto de lei proibindo a cobrança de multa aos condutores que avançam o sinal vermelho entre as 22h e 6h em todo o Estado do Ceará. “Não existe uma lei que regulamente e discipline esta prática, daí a importância do meu projeto”, defendeu, ressaltando os boatos e informações desencontradas que circularam nas redes sociais questionando se há ou não a cobrança da multa nesses casos
O deputado Ely Aguiar (PSDC) informou nesta quarta-feira (16) que apresentou projeto de lei proibindo a cobrança de multa aos condutores que avançam o sinal vermelho entre as 22h e 6h em todo o Estado do Ceará. “Não existe uma lei que regulamente e discipline esta prática, daí a importância do meu projeto”, defendeu, ressaltando os boatos e informações desencontradas que circularam nas redes sociais questionando se há ou não a cobrança da multa nesses casos (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O deputado Ely Aguiar (PSDC) comunicou, em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (16), ter apresentado projeto de lei na AL que proíbe a cobrança de multa aos condutores que avançam o sinal vermelho entre as 22h e 6h em todo o Estado do Ceará.

De acordo com o parlamentar, a proposta visa regulamentar uma determinação já adotada por órgãos de controle de tráfego. Ely Aguiar ressaltou que, nos últimos dias, boatos e informações desencontradas circularam nas redes sociais questionando se há ou não a cobrança da multa nesses casos.

 “Fortaleza já é uma cidade intranquila, em função da onda de violência que toma conta do seu território. Se estes boatos fossem verdade, a população ficaria mais indefesa, pois, se parassem no sinal, correriam risco de serem assaltados e, se avançassem, seriam multados”, criticou Ely Aguiar.

O deputado informou a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC) emitiu nota esclarecendo que os semáforos da Capital não registram multa por avanço do sinal vermelho no horário entre 20h e 5h59, desde que o motorista transite no máximo a 30 km/h.

“Esta prática foi adotada na gestão da ex-prefeita Luizianne Lins e, de fato, vem sendo seguida pelo atual prefeito Roberto Cláudio, por uma questão de sensibilidade e flexibilidade com os motoristas, mas não existe uma lei que regulamente e discipline esta prática, daí a importância do meu projeto”, defendeu o parlamentar.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247