Em ano de forte crise, governo de Goiás entrega grandes obras

Além de ser um dos estados que escapou da crise, mantendo salário dos servidores em dia e equilíbrio fiscal, Goiás se notabilizou em 2016 com a inauguração de grandes obras em diversas áreas; o Centro de Excelência do Esporte, que abriga também o novo Estádio Olímpico, possui laboratório de pesquisa e vai se concentrar na formação de jovens atletas; na saúde, foi inaugurado o Credeq, que possui estrutura moderna e funcional para recuperação de dependentes químicos; em dezembro, o governador Marconi Perillo deu início à fase de pré-operação do sistema de distribuição de água Mauro Borges; o novo reservatório vai garantir abastecimento de água para a Grande Goiânia até 2040; "Essas obras só foram entregues graças ao ajuste fiscal que fizemos ainda em 2014", diz o governador

Além de ser um dos estados que escapou da crise, mantendo salário dos servidores em dia e equilíbrio fiscal, Goiás se notabilizou em 2016 com a inauguração de grandes obras em diversas áreas; o Centro de Excelência do Esporte, que abriga também o novo Estádio Olímpico, possui laboratório de pesquisa e vai se concentrar na formação de jovens atletas; na saúde, foi inaugurado o Credeq, que possui estrutura moderna e funcional para recuperação de dependentes químicos; em dezembro, o governador Marconi Perillo deu início à fase de pré-operação do sistema de distribuição de água Mauro Borges; o novo reservatório vai garantir abastecimento de água para a Grande Goiânia até 2040; "Essas obras só foram entregues graças ao ajuste fiscal que fizemos ainda em 2014", diz o governador
Além de ser um dos estados que escapou da crise, mantendo salário dos servidores em dia e equilíbrio fiscal, Goiás se notabilizou em 2016 com a inauguração de grandes obras em diversas áreas; o Centro de Excelência do Esporte, que abriga também o novo Estádio Olímpico, possui laboratório de pesquisa e vai se concentrar na formação de jovens atletas; na saúde, foi inaugurado o Credeq, que possui estrutura moderna e funcional para recuperação de dependentes químicos; em dezembro, o governador Marconi Perillo deu início à fase de pré-operação do sistema de distribuição de água Mauro Borges; o novo reservatório vai garantir abastecimento de água para a Grande Goiânia até 2040; "Essas obras só foram entregues graças ao ajuste fiscal que fizemos ainda em 2014", diz o governador (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Além de ser um dos estados que escapou da crise, mantendo salário dos servidores em dia e equilíbrio fiscal, Goiás se notabilizou em 2016 com a inauguração de grandes obras em diversas áreas. O governador Marconi Perillo (PSDB) afirma que os benefícios só puderam ser entregues à população graças ao ajuste fiscal iniciado ainda em 2014. 

"Este ano foi de extrema dificuldade para os estados e em Goiás conseguimos enfrentar essa turbulência porque foram aplicadas medidas estruturantes ainda em 2014. Com a economia gerada e a racionalização dos recursos, o governo conseguiu terminar e inaugurar obras importantes, como o Credeq, o Centro de Excelência, o Estádio Olímpico e iniciar a fase de pré-operação do Sistema Mauro Borges", comenta Marconi.

O Credeq, localizado em Aparecida de Goiânia, nasce para se tornar referência no tratamento de dependentes químicos. O complexo possui estrutura para recuperação de pessoas viciadas em drogas, com piscina, quadras poliesportivas, academia, salas de aula. O governo ainda vai inaugurar outras quatro unidades.

Na área de educação e esporte, o destaque foi Centro de Excelência do Esporte, que abriga também o novo Estádio Olímpico. O Centro de Excelência conta com Laboratório de Capacitação e Pesquisa, Parque Aquático e Ginásio Rio Vermelho. O Laboratório de Capacitação e Pesquisa Dráulas Vaz tem mais de 10 mil metros quadrados de área construída; três quadras oficiais para treinamento, capacitação e formação de atletas, 14 salas de aula para alunos e treinadores, laboratório, biblioteca, sala de estudo, academia, sanitários, alojamento masculino e feminino, auditório com capacidade para 200 pessoas, secretaria, restaurante, lanchonete, cinco salas comerciais, área de convivência e sala de processamento de dados.

Em dezembro, o governador Marconi apertou o botão que iniciou a fase de pré-operação do Sistema Mauro Borges, que vai garantir distribuição de água tratada para Goiânia e Aparecida de Goiânia até 2040. O projeto foi iniciado no ano de 2000, no primeiro governo de Marconi, e até hoje já recebeu investimentos que somam R$ 1 bilhão. A obra é a maior do Brasil na área e o sistema entrará em pleno funcionamento até março de 2017.

"Esta obra é histórica e foi totalmente planejada. A Grande Goiânia não terá problema com abastecimento nos próximos 30 anos e a capacidade pode ser aumentada no futuro", afirmou o governador.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247