Em dia de Neymar, Santos goleia Ponte Preta

Equipe da Vila Belmiro faz 6 a 1 e assume a terceira posio do Campeonato Paulista

Em dia de Neymar, Santos goleia Ponte Preta
Em dia de Neymar, Santos goleia Ponte Preta (Foto: Divulgação/Santos FC)

Site Oficial do Santos - Com uma atuação inspirada de Neymar, que participou de todos os gols da goleada do Santos FC sobre a Ponte Preta por 6 a 1, o Peixe garantiu a quinta vitória consecutiva no Campeonato Paulista neste sábado (25). Na partida válida pela décima rodada do Estadual, realizada na Arena Barueri, o próprio craque e Edu Dracena, com dois gols cada, além de PH Ganso e Guilherme (contra) foram os responsáveis por levar o Alvinegro Praiano à vitória.

Com o triunfo (o maior registrado nesta edição do Paulistão), a equipe de Muricy Ramalho abre a rodada na terceira colocação, com 21 pontos – seis vitórias, três empates e apenas uma derrota.

O próximo compromisso santista acontece na quarta-feira (29), diante do Guarani, às 19h30, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Para o desafio, o técnico Muricy Ramalho não contará com Neymar, PH Ganso, Rafael e Fucile. Os três primeiros servirão à Seleção Brasileira no amistoso desta terça-feira (28), diante da Bósnia, na Suíça. E o lateral direito atuará pelo Uruguai em partida amistosa contra a Romênia na quarta-feira (29), na capital do País rival, Bucareste.

Neymar dita o ritmo, e Santos FC faz dois no primeiro tempo

Santos FC e Ponte Preta fizeram um jogo aberto no primeiro tempo na Arena Barueri. Porém o Peixe, que contou com uma atuação inspirada de Neymar nos 45 minutos iniciais, soube aproveitar as chances criadas e ir para o vestiário em vantagem.

Com 11 minutos, por pouco o Alvinegro Praiano não abriu o placar. Em jogada parecida com o primeiro gol do Santos FC diante do Comercial, na última quarta-feira (22), Neymar arrancou pela meia e passou para Ibson pela direita. De frente para o Lauro, o meia mandou em cima do goleiro rival.

Só que a inspiração de Neymar não demoraria a resultar em gol para o Santos FC. E foi o que aconteceu aos 27. O craque recebeu de Juan na intermediária e, sem dominar, mandou uma bomba no canto direito de Lauro. Golaço.

Aos 34, na construção do segundo gol, Neymar brincou mais uma vez de jogar futebol. Na lateral e com dois marcadores em cima, o atacante deu um chute no ar e em seguida, achou Borges dentro da área. O centroavante girou em cima de um adversário e tentou o arremate. A bola ficou viva na pequena área para PH Ganso escorar para as redes e anotar seu primeiro gol na temporada.

Dois minutos depois, quase veio o terceiro. Neymar arrancou em velocidade pelo centro e achou Borges livre pela direita. No arremate, o artilheiro do último Brasileirão mandou à esquerda de Lauro.

E a um minuto dos 40, aconteceu o último lance de perigo da etapa. E novamente com Neymar. O craque santista arriscou de fora da área e a bola passou por cima da meta da Ponte Preta.

Santos FC ‘bombardeia’ Ponte e registra maior goleada do Paulistão

No segundo tempo, a Macaca veio para cima do Alvinegro Praiano, tanto é que descontou no início da etapa. Mas o Santos FC não acusou o golpe, foi para cima e garantiu a quinta vitória seguida no Paulistão, com um show de Neymar, PH Ganso e Cia.

Aos seis minutos, a Ponte Preta buscou a reação e conseguiu descontar. Renato Cajá lançou Uendel em profundidade pelo lado esquerdo. O lateral campineiro penetrou na área santista e tocou por baixo de Rafael.

No minuto seguinte, o Santos FC respondeu. Da direita, PH Ganso achou Neymar na esquerda, livre. De frente para Lauro, o craque mandou à direita do goleiro pontepretano.

Em seguida, veio a chuva na Arena Barueri. E com ela, veio mais do Santos FC. Em escanteio cobrado por Neymar, Borges subiu mais alto que a defesa adversária e cabeceou para a boa defesa de Lauro. Na sobra, Guilherme tentou afastar e chutou em cima de Ferron, que acabou colocando a bola contra a própria meta.

E aos 13, saiu o quarto do Peixe. Neymar cobrou falta da esquerda na cabeça de Edu Dracena, que se antecipou à zaga pontepretana e desviou para as redes.

Três minutos depois, o time de Campinas (SP) perdeu o volante Cicinho, expulso após receber o segundo amarelo por falta dura em cima de Neymar.

Com 22, o capitão Edu Dracena mostrou seu faro para cabecear e fez o quinto. Desta vez, Neymar cruzou da direita e o zagueiro apareceu livre para desviar para o gol.

Após dois minutos, a Ponte Preta perdeu mais um jogador. Guilherme fez falta em cima de Neymar na lateral esquerda e levou o segundo amarelo.

Com a vantagem em número de jogadores dentro de campo, o Santos FC continuou no ataque. E com isso, anotou o sexto. Aos 32, PH Ganso recebeu na meia-lua, girou e deu um passe milimétrico para Neymar na esquerda. O camisa 11 dominou e tocou de cobertura para as redes na saída de Lauro.

Já aos 36, o adversário ficou com oito jogadores em campo após Renato Cajá agredir o lateral esquerdo Juan e ser expulso pelo árbitro Marcelo Rogério.

Em seguida, o Santos FC administrou a posse da bola no campo de ataque e sacramentou o maior placar desta edição do Campeonato Paulista.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247