Em Fortaleza, Rodrigo Maia ganha apoio do PSB e reafirma candidatura

Em jantar com parlamentares cearenses na noite desta segunda (23), em Fortaleza, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou que não teme mais que qualquer insegurança jurídica que atrapalhe sua candidatura após a decisão do TRF. Na ocasião, o democrata recebeu o apoio oficial do PSB em anúncio feito pelo líder do partido, Tadeu Alencar (PE), que veio do Recife participar do encontro

Em jantar com parlamentares cearenses na noite desta segunda (23), em Fortaleza, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou que não teme mais que qualquer insegurança jurídica que atrapalhe sua candidatura após a decisão do TRF. Na ocasião, o democrata recebeu o apoio oficial do PSB em anúncio feito pelo líder do partido, Tadeu Alencar (PE), que veio do Recife participar do encontro
Em jantar com parlamentares cearenses na noite desta segunda (23), em Fortaleza, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou que não teme mais que qualquer insegurança jurídica que atrapalhe sua candidatura após a decisão do TRF. Na ocasião, o democrata recebeu o apoio oficial do PSB em anúncio feito pelo líder do partido, Tadeu Alencar (PE), que veio do Recife participar do encontro (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - Candidato à presidência da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) esteve em Fortaleza, na noite desta segunda-feira (23) em busca do apoio dos parlamentares cearenses. O democrata participou de jantar com alguns dos deputados que integram a bancada do estado em Brasília. Na ocasião, o PSB oficializou o apoio à sua candidatura, em anúncio feito pelo líder do partido, Tadeu Alencar (PE), que veio do Recife com Rodrigo Maia.

O parlamentar também sinalizou que as negociações com PT, PC do B e PMDB estão bastante avançadas. Os três deputados petistas e Chico Lopes, do PCdoB, no entanto, não compareceram ao encontro, que contou com as presenças de Macedo (PP), Ronaldo Martins (PRB), Moses Rodrigues (PMDB), Odorico Monteiro (Pros), Vaidon Oliveira (PSDC), Raimundo Gomes de Matos (PSDB), Cabo Sabino (PR), Vitor Valim (PMDB), Danilo Forte (PSB) e Gorete Pereira (PR)

Em coletiva, Maia disse que não teme que qualquer insegurança jurídica atrapalhe sua candidatura após a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que derrubou liminar que impedia sua reeleição. “A Constituição é clara de que o presidente eleito na sessão preparatória no primeiro ano não pode disputar. Eu tive mandato suplementar, o que me dá certeza (de que posso concorrer) é decisão judicial de hoje. Como a vedação não trata do meu caso, há autorização”, disse Maia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email