Em Minas, casos de dengue até março chegam a 38 mil

Números são do atual resumo informativo divulgado pela Secretaria do Estado de Saúde do estado, com dados registrados de janeiro ao dia 27 de março; desse total, 37.733 são da forma clássica da doença; municípios de Veríssimo, Ibiaí, Deresópolis e Lassance lideram a lista das 30 localidades com maior incidência de notificações neste ano

Em Minas, casos de dengue até março chegam a 38 mil
Em Minas, casos de dengue até março chegam a 38 mil (Foto: FABIO RODRIGUES-POZZEBOM/ABR )
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Brasil

Brasília - Minas Gerais tem cerca de 38 mil casos de dengue confirmados, de acordo com atual resumo informativo divulgado pela Secretaria do Estado de Saúde do estado, com dados registrados de janeiro ao dia 27 de março. Desse total, 37.733 são da forma clássica da doença.

Os municípios de Veríssimo, Ibiaí, Deresópolis e Lassance lideram a lista das 30 localidades com maior incidência de notificações neste ano, com um total de 29.018 casos. Nas últimas quatro semanas, as notificação já passam de 13 mil.

Outros estados também estão sofrendo com a epidemia. As notificações em Mato Grosso da primeira à 12ª semana de 2013 são maiores que o dobro do total do mesmo período do ano passado: 24 mil, de acordo com o Sistema de Notificação de Agravos de Notificação - Sinan. No Paraná, são mais de 14 mil casos.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, há epidemia em quase metade dos municípios. Mais de 69 mil casos foram notificados de 1º de janeiro a 23 de março deste ano. Em Goiás, são mais de 84 mil casos no período de 30 de dezembro de 2012 a 23 de março de 2013, sendo que a capital lidera, com 39.673. O Ministério da Saúde informou que aguarda dados sobre a situação da dengue em cada estado para traçar um quadro do país.

Edição: Tereza Barbosa

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email