Em Porto Alegre, Internacional bate Cruzeiro por 3 a 2

Em jogo equilibrado, time gacho parte para o ataque e passa a ter 22 pontos no Campeonato Brasileiro; clube mineiro continua estacionado, com 18

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Internacional venceu o Cruzeiro por 3 a 2, neste domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, em jogo equilibrado. O time gaúcho passa a ter 22 pontos no Campeonato Brasileiro, após 15 rodadas, enquanto que o mineiro continua estacionado com 18 e acumula agora quatro derrotas consecutivas - antes havia perdido para Atlético Goianiense, Botafogo e Flamengo.

Jogando em casa, com apoio da torcida, o Internacional partiu para o ataque, mas não encontrou um adversário retrancado. O Cruzeiro teve cuidados defensivos, mas soube avançar nos espaços deixados pelo time gaúcho a cada avanço dos laterais Nei e Fabrício e dos volantes Glaydson e Elton.

Foi assim que, aos 11 minutos, Wallyson surgiu livre pela ponta direita e cruzou. Possivelmente atrapalhado pelo sol, o goleiro Muriel soltou a bola na cabeça de Anselmo Ramon, que aproveitou para abrir o placar. Pouco depois, aos 19, D'Alessandro ia entrando na área a dribles quando foi puxado por Gilberto e caiu. O argentino cobrou o pênalti e empatou.

Aos 35 e aos 36 minutos, o Internacional conseguiu pressionar e só não marcou o segundo gol porque o goleiro Fábio fez boas defesas em conclusões de Bolívar e Nei. A virada gaúcha ocorreu aos 38. Ao cobrar uma falta, Andrezinho fez um cruzamento em direção ao gol e, como ninguém interceptou, a bola passou no meio de vários jogadores e foi para as redes.

A vantagem, no entanto, não foi suficiente para dar tranquilidade ao Internacional. Sem se afobar, o Cruzeiro foi para o ataque e esteve perto de empatar diversas vezes no segundo tempo. As duas melhores chances ocorreram em sequência, aos 14 minutos. Gilberto acertou uma bomba, que Muriel rebateu. Ortigoza pegou a sobra, mas seu chute foi defendido pelo goleiro colorado.

Aos 28 minutos, D'Alessandro fez um lançamento preciso para Leandro Damião, que andava apagado, mostrar que é artilheiro e ampliar o placar para 3 a 1, de cabeça. O Beira-Rio enfim suspirou aliviado. Mas o Cruzeiro não desistiu. Aos 36, Montillo levantou a bola na área e Leandro Guerreiro, de cabeça, descontou, deixando os colorados novamente apreensivos. E com razão porque faltou pouco para o Cruzeiro empatar. Aos 40, Vitor acertou um chute na trave. Aos 48, Montillo cobrou falta e Muriel salvou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email