Emmanuel: "tem um grande influenciador" na Fazenda de Aracaju

O prefeito João Alves Filho (DEM) tem tido dificuldades para encontrar um substituto para Luciano Paz na titularidade da Secretaria da Fazenda de Aracaju (Semfaz); isso acontece porque há um “grande influenciador” na pasta, que não permite que o gestor tenha autonomia para atuar; quem faz tal afirmação é o vereador Emmanuel Nascimento (PT), em entrevista ao 247; petista pede a saída de Paz: "está sobrecarregado"

O prefeito João Alves Filho (DEM) tem tido dificuldades para encontrar um substituto para Luciano Paz na titularidade da Secretaria da Fazenda de Aracaju (Semfaz); isso acontece porque há um “grande influenciador” na pasta, que não permite que o gestor tenha autonomia para atuar; quem faz tal afirmação é o vereador Emmanuel Nascimento (PT), em entrevista ao 247; petista pede a saída de Paz: "está sobrecarregado"
O prefeito João Alves Filho (DEM) tem tido dificuldades para encontrar um substituto para Luciano Paz na titularidade da Secretaria da Fazenda de Aracaju (Semfaz); isso acontece porque há um “grande influenciador” na pasta, que não permite que o gestor tenha autonomia para atuar; quem faz tal afirmação é o vereador Emmanuel Nascimento (PT), em entrevista ao 247; petista pede a saída de Paz: "está sobrecarregado" (Foto: Valter Lima)

Valter Lima, do Sergipe 247 - O prefeito João Alves Filho (DEM) tem tido dificuldades para encontrar um substituto para Luciano Paz na titularidade da Secretaria da Fazenda de Aracaju (Semfaz). Isso acontece porque há um “grande influenciador” na pasta, que não permite que o gestor tenha autonomia para atuar. Quem faz tal afirmação é o vereador Emmanuel Nascimento (PT), em entrevista ao 247.

Para ele, o prefeito deve retirar Paz da Fazenda e mantê-lo na Secretaria da Saúde. “O secretário está sobrecarregado com duas áreas complexas. É o momento de tirar o secretário da Fazenda e deixa-lo na saúde. Não queria estar na pele de Luciano Paz”, afirmou. Emmanuel diz que os problemas gerados no reajuste do IPTU e na emissão do boleto são a demonstração da sobrecarga sobre o secretário e da desorganização na Fazenda, o que revela a necessidade de nomear um novo gestor.

“A Semfaz está como cego em tiroteio. O prefeito assumiu que tem problema. Esse IPTU houve erro de tudo que é lugar. Agora, a prefeitura culpa a empresa. O erro é político, de quem não soube administrar a questão. Tem que tirar o secretário”, defendeu.

Emmanuel ressaltou que “ouve falar que as pessoas não querem ir para a Semfaz porque tem gente que influencia” na gestão. “Tem um grande influenciador na Semfaz. É o mesmo que influenciava o secretário da saúde, por isso houve tanta mudança. Está acontecendo algum problema que o prefeito precisa ver o que é”, reiterou o petista, sem citar nomes. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247