CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Empresas de TI iniciam negociações para deixar Aracaju

Presidente da associação que representa o setor, Roger Dantas, diz que, como o prefeito João Alves revogou benefício que reduzia ISS de 5% para 2% para as empresas de TI, os empresários realizaram reunião com a prefeitura de São Cristóvão para definir migração; Aracaju perderá cerca de R$ 1,5 milhão em repasses do imposto; já são 30 empresas dispostas a mudar sede; prefeituras de Barra e Socorro também querem conversar com empresários; presidente da Acese ironiza medida de João Alves

Empresas de TI iniciam negociações para deixar Aracaju
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Valter Lima, do Sergipe 247 – Com a retirada do benefício que reduzia o Imposto Sobre Serviços (ISS) para empresas de Tecnologia da Informação sediadas em Aracaju, a associação que representa o setor (Assespro) iniciou nesta terça-feira (19) as conversas com gestores de municípios da Grande Aracaju para viabilizar a transferência desses empreendimentos para outras localidades. Essa mudança acarretará uma perda para a prefeitura da capital de R$ 1,5 milhão, em impostos.

A primeira reunião ocorreu com representantes da Prefeitura de São Cristóvão. De acordo com o presidente da Assespro, o empresário Roger Dantas Barros, foram apresentadas à prefeitura as demandas do setor, com a entrega de um documento contendo as sugestões de ações que a prefeitura precisa realizar no sentido de avançar para a migração das empresas para o município.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“A prefeitura de São Cristóvão se mostrou muito disposta em atender às nossas solicitações, pois ela entende a importância do setor de TI, além de ver na instalação dessas empresas a geração de emprego e renda e desenvolvimento da mão de obra local para atender o setor”, disse. Uma nova reunião será realizada na primeira semana de março, quando a prefeitura apresentará as respostas ao documento entregue pelos empresários.

Atualmente, existem cerca de 100 empresas de TI instaladas em Aracaju. A Assespro congrega 30 delas, que detém 90% do mercado. “A migração de todas as empresas da Assespro já seria um abalo, pois são as maiores”, frisa o presidente da entidade. Segundo ele, anualmente, o repasse feito para a Prefeitura de Aracaju, através do ISS, pelas empresas de TI, anualmente, é de R$ 1,5 milhão.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Prefeitura de Aracaju tinha concedido no ano passado uma redução no índice do ISS de 5% para 2%, no entanto, o atual prefeito, João Alves Filho (DEM), encaminhou projeto para a Câmara no início deste ano revogando o benefício. A proposta foi aprovada pela Câmara de Vereadores.

“Os empresários estão muito decepcionados, pois lutamos por anos para conseguir o benefício e com a entrada da nova administração, já sentimos este retrocesso”, afirmou Roger Dantas Barros. Ele frisa que os empresários tentaram, através de ofício, antes mesmo da aprovação do projeto, uma reunião com o secretário de Finanças Nilson Lima, mas até hoje não obtiveram resposta.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“A partir do momento que se tem um beneficio e ele é retirado cria-se uma celeuma com a classe empresarial, que está receosa com as próximas ações da prefeitura”, ressalta. Representantes das prefeituras de Barra dos Coqueiros e Nossa Senhora do Socorro já entraram em contato com a associação, para abrir o diálogo sobre condições mais favoráveis para as empresas de TI.

“A que for melhor a gente estará direcionando. Como as empresas vêm lutando por isso há muito tempo e houve essa frustração, a coisa se tornou urgente. No máximo. nos próximos 60 dias, definiremos um rumo”, afirma.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Via Twitter, o presidente da Associação Comercial de Sergipe (Acese), Alexandre Porto, ironizou a medida do prefeito de Aracaju. "Cheguei a conclusão de que João Alves continua sendo grande estimulador do SergipeTec. Há 10 anos, ele o criou e agora dá outra grande contribuição. João Alves incentiva as empresas a se transferirem para lá, ao aumentar o ISS em Aracaju, para empresas de TI", afirmou.

Foto: Portal Infonet

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Matéria atualizada às 22h43 da terça-feira (19) para acréscimo das declarações de Alexandre Porto


CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO