Entenda o conceito de Growth hacking

Muitas pessoa me questionam sobre “growth hacking“, principalmente agora que “growth hacker” virou um cargo oficial em startups e podemos encontrar diversos anúncios de vagas em busca de um “growth hacker“; apesar de essa expressão já existir há uns bons anos, muita gente ainda tem dificuldade para compreendê-la; trata-se de ato de fazer uma empresa crescer rapidamente, por meio de “brechas” encontradas no caminho; essas brechas são qualquer oportunidade que possa levar a empresa a um crescimento exponencial

Muitas pessoa me questionam sobre “growth hacking“, principalmente agora que “growth hacker” virou um cargo oficial em startups e podemos encontrar diversos anúncios de vagas em busca de um “growth hacker“; apesar de essa expressão já existir há uns bons anos, muita gente ainda tem dificuldade para compreendê-la; trata-se de ato de fazer uma empresa crescer rapidamente, por meio de “brechas” encontradas no caminho; essas brechas são qualquer oportunidade que possa levar a empresa a um crescimento exponencial
Muitas pessoa me questionam sobre “growth hacking“, principalmente agora que “growth hacker” virou um cargo oficial em startups e podemos encontrar diversos anúncios de vagas em busca de um “growth hacker“; apesar de essa expressão já existir há uns bons anos, muita gente ainda tem dificuldade para compreendê-la; trata-se de ato de fazer uma empresa crescer rapidamente, por meio de “brechas” encontradas no caminho; essas brechas são qualquer oportunidade que possa levar a empresa a um crescimento exponencial (Foto: Leonardo Lucena)

Por Erica Queiroz, no StartSe - Muitas pessoa me questionam sobre “growth hacking“, principalmente agora que “growth hacker” virou um cargo oficial em startups e podemos encontrar diversos anúncios de vagas em busca de um “growth hacker“.

Apesar de essa expressão já existir há uns bons anos, muita gente ainda tem dificuldade para compreendê-la. Para entender um pouco melhor o significado dessa expressão nada simples, vou desmembrá-la para que faça mais sentido. “Hack” significa brecha e “growth” é crescimento. Portanto, “growth hacking” é o ato de fazer uma empresa crescer rapidamente, por meio de “brechas” encontradas no caminho. Essas brechas são qualquer oportunidade que possa levar a empresa a um crescimento exponencial.

Há também uma dúvida que paira no mercado sobre a área em que o growth hacker atua, uma vez que ele, muitas vezes, é uma mistura de marketeito com programador: ele é de marketing? De engenharia? Muita autores apostam  na teoria de que é um profissional de uma ou outra área, mas isso não é um fator decisivo. Na verdade, o growth hacker é uma pessoa cujo objetivo único é gerar crescimento para uma empresa, não importando se ele vem de marketing ou vendas ou se ele irá se juntar a um programador, para obter os resultados esperados. Afinal, um programador, que costuma ser uma pessoa mais técnica, pode não ter sozinho as sacadas de vendas que um profissional de marketing possui.

growth hacker busca as melhores ideias para fazer um negócio crescer de modo escalável, faz constantes testes para refiná-las e segue com as melhores, descartando, a qualquer momento, o que não funciona mais. No processo, toda a jornada do consumidor é levada em consideração.

Você deve este se perguntando que ideias são essas. Elas podem ser desde a simples criação de um blog, mas com um nada simples conteúdo – precisa ser um conteúdo todo otimizado, não apenas para os sistemas de busca, como para ir de encontro às necessidades do seu prospect e, por fim, convertê-lo em cliente -; bem como a oferta de conteúdo para sites que sejam relacionados ao produto/serviço que você oferece; como também o engajamento nas redes sociais (algo que pode levar tempo e esforço); a coleta de leads, por meio da oferta de algum conteúdo específico em troca de e-mails; criação de landing pages… Enfim, tudo o que a criatividade permitir, desde que o objetivo maior seja o crescimento escalável, por meio da conquista e a manutenção dos clientes. Se houver a viralização de um conteúdo, por exemplo, os resultados tendem a ser positivamente surpreendentes!

A técnica de growth hacking é imperativa para startups que querem obter crescimento rápido em pouco tempo – e, claro, a custos baixos, já que os orçamentos de marketing de uma startup são geralmente muito reduzidos. Contratar um growth hacker traz inúmeras vantagens para uma empresa, como crescer muito mais, investindo muito menos e sem dar aquelas “cabeçadas” comuns no início de um negócio. Portanto, se você possui ou está à frente de uma startup, não pode ficar fora dessa!

*Erica é formada em Administração de Empresas pela FGV e em Publicidade e Propaganda pela USP

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247